Rússia vai levar tocha olímpica para primeira caminhada espacial

quarta-feira, 6 de novembro de 2013 12:01 BRST
 

Por Alissa de Carbonnel

BAIKONUR, Cazaquistão, 6 Nov (Reuters) - Dois cosmonautas russos vão levar esta semana a tocha olímpica para uma primeira caminhada espacial, em uma exibição espetacular para os Jogos de Inverno Sochi-2014.

Por razões de segurança, a tocha não estará acesa -- o que pode ser motivo de alívio para a Rússia, já que a chama se apagou muitas vezes desde o início do revezamento da tocha, no mês passado.

O russo Mikhail Tyurin, o norte-americano Rick Mastracchio e o japonês Koichi Wakata levarão a tocha na quinta-feira quando decolarem para a Estação Espacial Internacional do cosmódromo de Baikonur, que Moscou aluga do Cazaquistão.

Tyurin entregará a tocha para os colegas cosmonautas Oleg Kotov e Sergei Ryazansky, que estão na estação orbital, quando eles saírem para uma caminhada espacial no sábado.

A tocha olímpica já foi duas vezes para o espaço, em 1996 e em 2000, mas nunca foi tirada de uma espaçonave.

"Nosso objetivo aqui é fazer com que seja espetacular", disse Kotov a repórteres antes do início da missão. "Nós gostaríamos de exibir nossa tocha olímpica no espaço. Vamos tentar fazê-lo de uma maneira linda. Milhões de pessoas vão vê-la ao vivo na TV e vão ver a estação e como trabalhamos".

A tocha será trazida de volta para a Terra pelo russo Fyodor Yurchikhin, a astronauta norte-americana Karen Nyberg e o astronauta da Agência Espacial Europeia Luca Parmitano em 11 de novembro.

Então, continuará o revezamento de 65.000 quilômetros que levou a tocha até o Polo Norte em um quebra-gelo nuclear e a levará até o pico mais alto da Europa, o Monte Elbrus, e até as profundezas do Lago Baikal, na Sibéria.   Continuação...

 
Tripulação da Estação Espacial Internacional posa para foto com a tocha olímpica da Olimpíada de Inverno de Sochi 2014, no cosmódromo de Baikonur, na Rússia. Dois cosmonautas russos vão levar esta semana a tocha olímpica para uma primeira caminhada espacial, em uma exibição espetacular para os Jogos de Inverno Sochi-2014. 6/11/2013. REUTERS/Shamil Zhumatov