Blatter descarta Copa do Mundo em janeiro no Catar

sexta-feira, 8 de novembro de 2013 19:47 BRST
 

8 Nov (Reuters) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, descartou que a Copa do Mundo de 2022, no Catar, seja disputada em janeiro e disse nesta sexta-feira que novembro/dezembro é a única alternativa para o torneio no verão.

"A Copa do Mundo só pode ser jogada em novembro/dezembro de 2022, não tem como ocorrer em janeiro/fevereiro", disse ele em entrevista coletiva em Abu Dhabi.

"Temos que ver como podemos ter a Copa do Mundo disputada no inverno, mas só (as datas de) novembro/dezembro são possíveis."

No mês passado, a Fifa anunciou que realizaria um processo de consulta envolvendo clubes, ligas, jogadores e federações continentais para decidir em que mês de 2022 o torneio deve ser disputado.

Nesse ponto, a entidade máxima do futebol mundial não descartou qualquer período específico do ano.

O Comitê Olímpico Internacional está monitorando de perto as deliberações da Fifa, com medo que uma Copa do Mundo em janeiro de 2022 poderia prejudicar os Jogos de Inverno daquele ano.

A Fifa disse que, em princípio, o Catar recebeu o direito de sediar a Copa do Mundo no verão, apesar do calor escaldante no país.

O Catar tem insistido que a Copa do Mundo no verão é viável graças às tecnologias de arrefecimento que está desenvolvendo para estádios, áreas de treinamento e locais para torcedores, mas ainda há uma preocupação generalizada sobre a saúde dos jogadores e de visitantes.

(Reportagem de Brian Homewood, em Berna)