Uruguai já se permite sonhar com outro "Maracanazo", diz Cavani

segunda-feira, 18 de novembro de 2013 21:29 BRST
 

MONTEVIDÉU, 18 Nov (Reuters) - A seleção uruguaia, que está próxima de se classificar para a Copa do Mundo de 2014, sonha em repetir seus heróis do passado e reeditar o "Maracanazo" no Brasil, algo que os jogadores não se atreviam a pensar até pouco tempos atrás, disse Edinson Cavani nesta segunda-feira.

O atacante do Paris Saint Germain afirmou que para a "celeste" é uma motivação extra voltar a jogar em solo brasileiro, como ocorreu no Mundial de 1950, quando a equipe saiu campeã e calou o estádio lotado do Maracanã com a vitória surpreendente por 2 x 1.

"A história seguramente marca muitas coisas e a história nos motiva também a querer pisar e estar no Mundial", disse Cavani em entrevista coletiva.

"Quando as eliminatórias começaram, o objetivo principal era classificar para o Mundial, além do que marcava a história, além de tudo. Hoje se começa a pensar um pouco mais do que no início se pensava: o que poderia ser jogar um Mundial no Brasil."

"O que aconteceu naquele Mundial (1950) marcou muito o povo do Brasil e hoje enfrentar o Uruguai, não só para o Brasil, mas para qualquer seleção do mundo, é um compromisso e uma partida muito difícil", acrescentou Cavani.

O Uruguai receberá a Jordânia na quarta-feira no estádio Centenário de Montevidéu, pelo jogo de volta da repescagem, após a goleada por 5 x 0 como visitante, que deixou o time com sua classificação virtualmente assegurada.

(Reportagem de Malena Castaldi)