Homenageado, Massa lamenta punição em despedida da Ferrari

domingo, 24 de novembro de 2013 18:06 BRST
 

Por Tatiana Ramil e Camila Moreira

SÃO PAULO, 24 Nov (Reuters) - Em sua última corrida pela Ferrari, Felipe Massa ganhou aplausos, abraços e uma camiseta feita em sua homenagem e usada por todos os funcionários da equipe, mas faltou um resultado melhor no Grande Prêmio do Brasil, neste domingo.

O brasileiro terminou a prova em Interlagos, última da temporada, em 7º lugar, depois de receber uma punição de "drive through" quando estava em 4º, por passar sobre a linha branca na entrada dos boxes.

"Fiquei muito chateado. O resultado ia ser diferente, eu estava em 4º. Em 4º eu chegava, talvez até em 3º, com o Alonso dando uma ajudinha", disse Massa a jornalistas, explicando que o espanhol Fernando Alonso o procurou antes da corrida para afirmar que, caso o brasileiro estivesse atrás dele, o deixaria passar.

Seria uma retribuição ao apoio que Massa deu ao companheiro de Ferrari nos últimos anos, chegando até a deixá-lo passar no GP da Alemanha de 2010 quando liderava a prova, fato que foi apontado pelo brasileiro como seu pior momento na escuderia italiana.

Massa passou oito anos como piloto titular da Ferrari, conseguindo 11 vitórias, sendo duas no Brasil, em 2006 e 2008. Nesta última, ele perdeu o título do Mundial de Pilotos por apenas um ponto para o britânico Lewis Hamilton.

O brasileiro, que pilotará pela Williams a partir de 2014, disse que sentirá falta da Ferrari, principalmente das pessoas. Prometeu visitá-las e admitiu que vai passar no paddock da futura rival para "roubar" a tradicional massa preparada pela equipe.

"Vou sentir falta das pessoas. Foi um dia emocionante, não só para mim, mas para todos que trabalham aqui", disse Massa. Todos os funcionários da Ferrari usaram uma camiseta vermelha com a frase ‘Obrigado, Felipe' em português. Ele foi aplaudido pelos mecânicos enquanto se encaminhava para o grid e foi recebido por mais palmas e abraços na volta ao paddock, depois da corrida.

"É difícil descrever em palavras a emoção que estou sentindo hoje", disse ele. "Ver todas as pessoas e amigos que eu fiz, minha família, o Felipinho (filho)... a amizade foi muito forte, talvez mais do que eu esperava, estou muito emocionado."   Continuação...

 
Felipe Massa carrega o filho nos ombros ao ser saudado por fãs após o GP Brasil de Fórmula 1, em Interlagos, São Paulo. 24/11/2013 REUTERS/Nacho Doce