27 de Novembro de 2013 / às 16:03 / em 4 anos

Acidente em estádio de abertura da Copa deixa 2 mortos

Estádio do Corinthians, em construção na zona leste de São Paulo. Um guindaste caiu nesta quarta-feira sobre parte da estrutura do estádio que vai abrir a Copa do Mundo de 2014, deixando dois mortos e provocando preocupação sobre possível atraso nas obras para o torneio de junho. 27/11/2013. REUTERS/Nacho Doce

Por Tatiana Ramil e Eduardo Simões

SÃO PAULO, 27 Nov (Reuters) - O acidente com um guindaste derrubou nesta quarta-feira parte da estrutura do estádio que vai abrir a Copa do Mundo de 2014, em São Paulo, causou a morte de dois trabalhadores e provocou preocupação sobre um possível atraso nas obras para o torneio de junho.

Esse é o terceiro caso de mortes ocorridas em contruções de estádios para o Mundial, após o registro de vítimas fatais também em Brasília e em Manaus.

O estádio do Corinthians, conhecido como Itaquerão, deve estar pronto em dezembro, de acordo com prazo determinado pela Fifa. A Odebrecht, construtora responsável, e o Corinthians afirmaram que não houve danos estruturais à arena, mas não confirmaram se o cronograma das obras vai ser afetado.

“Houve danos em parte do prédio, mas nada que comprometa a estrutura. Não estou preocupado com cronograma, a família das vítimas é nossa preocupação no momento”, disse em entrevista coletiva o responsável do clube pelas obras, Andrés Sanchez, explicando que só depois da perícia será possível estabelecer as causas do acidente e o andamento dos trabalhos.

O acidente aconteceu no começo da tarde, quando o guindaste que içava o último módulo da estrutura da cobertura metálica do estádio tombou, provocando a queda da peça sobre parte da área de circulação do prédio leste e atingindo parcialmente a fachada com painel de LED.

O gerente operacional da Odebrecht, Frederico Barbosa, disse que a construtura “esperou o momento ideal” das condições do tempo para fazer o trabalho e que é “preciso apurar o que houve”.

“A estrutura da arquibancada não foi comprometida. Era a 38a vez que esse tipo de procedimento realizava-se na obra e uma peça de igual proporção foi instalada há pouco mais de uma semana no setor Sul do estádio”, afirmaram o clube e a construtora em nota.

Sanchez disse que 30 por cento do estádio vai ser interditado para que se faça a perícia, mas o Sindicato dos Trabalhadores de Indústria de Construção Pesada, que representa os operários que trabalham no estádio, disse ter relatado o incidente ao Ministério do Trabalho e espera a paralisação da obra para a realização de perícia.

Segundo o presidente do sindicato, Antônio Bekeredjian, a paralisação em caso de acidentes com mortes em construções de grande porte normalmente é de 30 dias.

O Ministério Público de São Paulo, que já havia instaurado inquérito para apurar irregularidades em normas de combate a incêndios apontadas pelos Bombeiros no Itaquerão, informou que também investigará as causas do acidente nas obras do estádio.

ABERTURA DA COPA

O diretor-executivo do Comitê Organizador Local (COL) da Copa, Ricardo Trade, disse que é prematuro falar em risco de o estádio, orçado em 820 milhões de reais, perder a abertura do Mundial.

“Não tem nada a ver uma coisa com a outra. É impossível fazer qualquer previsão neste momento de que isso (acidente) vai atrasar alguma coisa. De qualquer maneira, a gente não pode pensar que se atrasar três meses a obra, o estádio vai estar fora da Copa do Mundo”, afirmou Trade à Reuters por telefone.

“Eu não acredito nisso (que vá ficar fora), mas a decisão é da construtora, do Estado, da prefeitura e do Ministério Público de paralisar a obra ou não. Nós não temos a menor condição de fazer (uma avaliação) agora, à distância.”

A Fifa estabeleceu dezembro de 2013 como prazo final para a conclusão das seis arenas que estão em obras para a Copa do Mundo. O prazo foi determinado de forma a permitir a realização de eventos-teste em todas as arenas antes do Mundial.

O atraso na conclusão de estádios usados em junho deste ano na Copa das Confederações, que deveriam ter ficado prontos em dezembro de 2012, impossibilitou a realização de alguns eventos-teste que estavam previstos.

“CHOCADO”

Os mortos no acidente são um motorista envolvido na colocação do módulo de estrutura e um operário que descansava num túnel próximo ao local. Não houve feridos no acidente. O Corpo de Bombeiros chegou a informar, inicialmente, que três pessoas haviam morrido no acidente.

“A Fifa e o Comitê Organizador Local lamentam, com grande tristeza, as mortes dos trabalhadores no local da Arena do Corinthians”, disse a Fifa em comunicado, enviando condolência aos familiares das vítimas.

“A segurança dos trabalhadores é de alta prioritária para a Fifa, para o COL e para o governo federal... As autoridades locais irão investigar os motivos que levaram a este trágico acidente”, acrescentou.

O Corinthians decretou luto de sete dias e afirmou “lamentar profundamente o acidente”. O Ministério do Esporte e o governo federal também manifestaram “o mais profundo pesar pela morte dos operários”.

Já o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, se disse “chocado” com o acidente no estádio, que já foi alvo de preocupações por atraso nas obras. “Nossos pensamentos estão com os familiares das vítimas deste acidente. Estamos agora esperando por mais detalhes das autoridades, que estão investigando este trágico acidente”, declarou ele no Twitter.

A Arena Corinthians receberá a abertura da Copa do Mundo do ano que vem, marcada para 12 de junho. Além do jogo inicial, o estádio deve receber outras três partidas da fase de grupos do Mundial, uma partida das oitavas de final e uma das semifinais do torneio.

Segundo o site do estádio, 94 por cento das obras do Itaquerão, localizado na zona leste de São Paulo, já estavam concluídas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below