Acidente em estádio de abertura da Copa deixa 2 mortos

quarta-feira, 27 de novembro de 2013 18:30 BRST
 

Por Tatiana Ramil e Eduardo Simões

SÃO PAULO, 27 Nov (Reuters) - O acidente com um guindaste derrubou nesta quarta-feira parte da estrutura do estádio que vai abrir a Copa do Mundo de 2014, em São Paulo, causou a morte de dois trabalhadores e provocou preocupação sobre um possível atraso nas obras para o torneio de junho.

Esse é o terceiro caso de mortes ocorridas em contruções de estádios para o Mundial, após o registro de vítimas fatais também em Brasília e em Manaus.

O estádio do Corinthians, conhecido como Itaquerão, deve estar pronto em dezembro, de acordo com prazo determinado pela Fifa. A Odebrecht, construtora responsável, e o Corinthians afirmaram que não houve danos estruturais à arena, mas não confirmaram se o cronograma das obras vai ser afetado.

"Houve danos em parte do prédio, mas nada que comprometa a estrutura. Não estou preocupado com cronograma, a família das vítimas é nossa preocupação no momento", disse em entrevista coletiva o responsável do clube pelas obras, Andrés Sanchez, explicando que só depois da perícia será possível estabelecer as causas do acidente e o andamento dos trabalhos.

O acidente aconteceu no começo da tarde, quando o guindaste que içava o último módulo da estrutura da cobertura metálica do estádio tombou, provocando a queda da peça sobre parte da área de circulação do prédio leste e atingindo parcialmente a fachada com painel de LED.

O gerente operacional da Odebrecht, Frederico Barbosa, disse que a construtura "esperou o momento ideal" das condições do tempo para fazer o trabalho e que é "preciso apurar o que houve".

"A estrutura da arquibancada não foi comprometida. Era a 38a vez que esse tipo de procedimento realizava-se na obra e uma peça de igual proporção foi instalada há pouco mais de uma semana no setor Sul do estádio", afirmaram o clube e a construtora em nota.

Sanchez disse que 30 por cento do estádio vai ser interditado para que se faça a perícia, mas o Sindicato dos Trabalhadores de Indústria de Construção Pesada, que representa os operários que trabalham no estádio, disse ter relatado o incidente ao Ministério do Trabalho e espera a paralisação da obra para a realização de perícia.   Continuação...

 
Estádio do Corinthians, em construção na zona leste de São Paulo. Um guindaste caiu nesta quarta-feira sobre parte da estrutura do estádio que vai abrir a Copa do Mundo de 2014, deixando dois mortos e provocando preocupação sobre possível atraso nas obras para o torneio de junho. 27/11/2013. REUTERS/Nacho Doce