Dilma lamenta morte de operários em acidente na Arena Corinthians

quarta-feira, 27 de novembro de 2013 20:42 BRST
 

SÃO PAULO, 27 Nov (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff usou seu perfil na rede microblogs Twitter para lamentar a morte de dois operários em um acidente nesta quarta-feira nas obras da Arena Corinthians, estádio que receberá a abertura da Copa do Mundo do ano que vem.

A presidente disse lamentar "profundamente as mortes". "Nesse momento de dor, envio minhas condolências às famílias", acrescentou Dilma.

Os dois operários morreram quando, no começo da tarde, um guindaste que içava o último módulo da estrutura da cobertura metálica do estádio tombou, provocando a queda da peça sobre parte da área de circulação de um dos prédios e atingindo parcialmente a fachada do estádio que tem um painel de LED para projeções de imagem.

O acidente, a pouco mais de um mês da data prevista para a conclusão do estádio, gerou temores de que a obra no palco da abertura e de outros cinco jogos no Mundial possa atrasar.

Apesar do acidente, o Corinthians garantiu que não houve danos à estrutura da arquibancada do estádio.

Também no Twitter, Dilma lamentou a morte do ex-jogador Nilton Santos, campeão mundial com a seleção brasileira em 1958 e 1962.

"O futebol perdeu hoje a sua ‘enciclopédia', Nilton Santos, o grande lateral campeão mundial de 1958 e 62", escreveu Dilma, numa referência ao apelido do jogador, que fez história no Botafogo.

Nilton Santos morreu nesta quarta, aos 88 anos, vítima de uma pneumonia.

(Reportagem de Eduardo Simões)