Putin pede trabalho nos feriados para terminar obras dos Jogos de Inverno de 2014

quinta-feira, 28 de novembro de 2013 14:34 BRST
 

Por Denis Dyomkin

SOCHI, Rússia, 28 Nov (Reuters) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, fez nesta quinta-feira um chamado aos organizadores dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014 para que trabalhem durante o longo feriado russo de Ano Novo, de forma a garantir que a cidade de Sochi estará pronta a tempo para a realização da competição.

Depois de inspecionar instalações em Sochi, onde algumas estradas ainda estão sendo concluídas e equipamentos em construção se espalham pela cidade, Putin afirmou que há ainda trabalho a ser feito antes da abertura dos Jogos, em 7 de fevereiro.

"Não é evidente somente para nós, mas para todos os observadores, que foi feito um trabalho tremendo, de alta qualidade", disse ele às autoridades envolvidas na organização do evento. "Há coisas que ainda precisam ser alcançadas, aperfeiçoadas na fase final."

"Os feriados do Ano Novo se aproximam", acrescentou. "Para vocês e todos que estão trabalhando nas instalações olímpicas, o Ano Novo começará depois do término dos Jogos Paralímpicos em 17 de março. Para vocês, o Ano Novo começa em 18 de março."

A Rússia praticamente pára entre 31 de dezembro e 8 de janeiro, quando a maioria das famílias celebra o Ano Novo, uma tradição que data da era comunista. Muitos russos agora também comemoram o Natal Ortodoxo, em 7 de janeiro.

Putin colocou seu prestígio em jogo na realização bem-sucedida da Olimpíada, cujo orçamento é estimado em cerca de 50 bilhões de dólares. Durante uma viagem a Sochi, em setembro, ele criticou falhas e atrasos nos preparativos.

O presidente, ex-espião da KGB, disse que o trabalho de construção tem de ser finalizado pontualmente, incluindo o do estádio principal de Fisht, onde será realizada a cerimônia de abertura. Putin deve visitar o local na sexta-feira.

Algumas ruas perto dos locais dos eventos olímpicos ainda estão sendo pavimentadas, e vários prédios permanecem cercados por material de construção.

Estão sendo construídas 13 instalações, incluindo um estádio com capacidade para 40 mil pessoas, mais as áreas específicas para hóquei no gelo, esqui, snowboarding e patinação. A expectativa é que a cidade receba 120 mil visitantes nas duas semanas dos Jogos.