Galliani permanece como CEO do Milan, diz

sábado, 30 de novembro de 2013 11:57 BRST
 

ROMA, 30 Nov (Reuters) - Adriano Galliani permanecerá em seu posto de diretor executivo do Milan, apesar de ter entregue sua carta de demissão, disse o presidente do clube, Silvio Berlusconi, neste sábado.

"A serenidade voltou ao Milan. Adriano Galliani continuará em seu cargo", disse Berlusconi à agência de notícias Ansa.

Na sexta-feira, Galliani anunciou que se demitiria depois de 28 anos na função citando o tratamento da diretora do clube, Barbara Berlusconi e filha de Silvio, que disse recentemente que o problemático time precisa de uma nova filosofia.

O ex-campeão Milan está em 13o no Campeonato Italiano após um início de temporada fraco e só obteve 14 pontos em 13 jogos.

(Por Terry Daley)