December 3, 2013 / 7:48 PM / in 4 years

SAIBA MAIS-Conheça a seleção da Bósnia na Copa

4 Min, DE LEITURA

Atacante da Bósnia Edin Dzeko comemora gol marcado nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2014 contra Liechtenstein, em Zenica. 11/10/2013Dado Ruvic

3 Dez (Reuters) - Veja abaixo informações sobre a seleção da Bósnia, uma das participantes do sorteio das chaves da Copa do Mundo de 2014, marcado para sexta-feira na Costa do Sauípe.

Desempenho e prognóstico

Em alta desde que se classificou para seu primeiro grande torneio, a Bósnia não sofrerá pressão para chegar à segunda fase, mas seu talento para marcar gols pode fazer da ex-república iugoslava uma séria ameaça mesmo aos maiores nomes do futebol.

Depois de ficar de fora da Copa do Mundo de 2010 e da Euro 2012 por pouco, a seleção se apegou à sua abordagem ofensiva e foi fartamente recompensada.

Os bósnios são o quarto time com maior saldo de gols entre os classificados europeus, e a parceria dos atacantes Edin Dzeko e Vedad Ibisevic foi responsável por 18 de seus 30 gols, com a ajuda da criatividade dos meio-campistas Zvjezdan Misimovic e Miralem Pjanic.

Asmir Begovic, goleiro do Stoke City, tem sido um pilar embaixo das traves, mas a Bósnia pode sofrer na defesa diante de um adversário de qualidade, como foi visto na derrota de 6 x 2 para Portugal na partida de volta da repescagem da eliminatória para a Euro 2012, depois de um empate sem gols em casa.

Muito pode depender do sorteio e da convocação da Bósnia. Se tiver que enfrentar times de mentalidade semelhante, dispostos a correr riscos e mandar os jogadores para a frente, a Bósnia pode presentear sua apaixonada torcida com novas alegrias e chegar às oitavas de final.

Mas como jamais se classificou para um grande torneio como nação independente, não tem experiência com o primeiro escalão do futebol nem familiaridade com o esquema de disputar três partidas em um período curto de tempo, a equipe bósnia estará adentrando um território desconhecido.

Técnico: Safet Susic

Apesar de toda a efetividade de Dzeko e Ibisevic no ataque, foi a mão firme de Susic, um treinador bósnio de fala mansa, que conduziu a talentosa geração atual à primeira competição de peso do novo país dos Bálcãs.

O técnico de 58 anos, um atacante talentoso que jogou pela ex-Iugoslávia nas Copas de 1982 e 1990, sucedeu o croata Miroslav Blazevic depois de a Bósnia quase conquistar uma vaga no Mundial de 2010 após uma derrota de 1 x 0 para Portugal na repescagem.

Susic finalmente foi recompensado nas eliminatórias para 2014, quando a Bósnia derrotou a Grécia no saldo de gols no Grupo G graças a uma avalanche de gols de Dzeko e Ibisevic.

Jogador-chave: Edin Dzeko

Dzeko deve ser o motor da seleção bósnia na Copa de 2014, depois de marcar 10 dos 30 gols de seu time, levando seu histórico internacional para 33 gols em 57 partidas.

O jogador de 27 anos do Manchester City chuta com os dois pés e também é uma ameaça constante no jogo aéreo.

Ele chegou ao Campeonato Inglês em 2011, depois de marcar 66 gols em 111 partidas pelo Wolfsburg no Campeonato Alemão e levantar o título com a equipe em 2009.

Ele ajudou o City a conquistar a Copa da Inglaterra em 2011 e o título do Campeonato Inglês em 2012, quando marcou um dramático gol da vitória por 3 x 2 nos minutos finais da partida contra o Queen's Park Rangers na última rodada do campeonato.

Ele, no entanto, tem encontrado dificuldade em se estabelecer como titular absoluto do ataque do City, tendo de competir por uma vaga com Mario Balotelli, que já deixou o time, com o argentino Sergio Aguero e mais recentemente com o espanhol Alvaro Negredo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below