Não há espaço para mulheres no futebol, diz Gattuso

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013 19:41 BRST
 

4 Dez (Reuters) - O ex-jogador do Milan e da seleção italiana Gennaro Gattuso disse nesta quarta-feira que não vê espaço para as mulheres no futebol.

O meia estava comentando a recente turbulência no Milan, onde o dirigente Adriano Galliani concordou em compartilhar sua função de executivo-chefe com Barbara Berlusconi, filha do presidente do clube, Silvio Berlusconi.

"Eu acho que deveria haver mais respeito para alguém como Galliani", afirmou ele à emissora Radio Radio.

"Eu realmente não consigo ver as mulheres no futebol, não gosto de dizer isso, mas é assim que é."

Galliani, que está no clube há 27 anos, ameaçou renunciar na semana passada, aparentemente descontente com comentários de Barbara de que o clube precisava de uma nova filosofia.

Vencedor da Copa do Mundo de 2006, Gattuso se aposentou na última temporada com o Sion, da Suíça. Ele teve uma passagem como jogador-treinador, mas foi demitido de suas funções de técnico depois de apenas 11 jogos.

Ele foi contratado como treinador do time da Série B Palermo nesta temporada, mas foi demitido após seis partidas.

(Reportagem de Brian Homewood, em Berna)