Pelé: não quero que meus filhos me vejam chorando como vi meu pai em 1950

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013 15:37 BRST
 

COSTA DO SAUÍPE, 6 Dez (Reuters) - Pelé demonstrou confiança no sucesso da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2014 e disse, nesta sexta-feira, que não deseja que seus filhos o vejam chorando como ele viu o pai quando o Brasil perdeu a final do Mundial de 1950 para o Uruguai no Maracanã.

"Na Copa de 50 eu vi meu pai chorando porque o Brasil perdeu a Copa do Mundo... Eu não quero que meus filhos me vejam chorando nessa Copa não", disse Pelé, em breve participação no sorteio dos grupos do Mundial, na Costa do Sauípe (BA).

Segundo Pelé, que rejeitou um convite para sortear os times nesta sexta alegando que não se sentiria confortável se prejudicasse o Brasil na definição das chaves, a seleção brasileira vai voltar a disputar uma final de Copa do Mundo no Maracanã no ano que vem, mas desta vez com final diferente.

"Tenho certeza, espero que o Brasil vai ganhar", afirmou Pelé.

(Por Pedro Fonseca)

 
Pelé acena durante o sorteio das chaves para a Copa do Mundo de 2014, realizado nesta sexta-feira na Costa do Sauípe, na Bahia. O ex-jogador demonstrou confiança no sucesso da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2014 e disse, nesta sexta-feira, que não deseja que seus filhos o vejam chorando como ele viu o pai quando o Brasil perdeu a final do Mundial de 1950 para o Uruguai no Maracanã. 06/12/2013 REUTERS/Ricardo Moraes