Brasil pega Croácia, México e Camarões; Espanha e Holanda estão no caminho

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013 19:41 BRST
 

Por Pedro Fonseca

COSTA DO SAUÍPE, 6 Dez (Reuters) - O Brasil vai enfrentar Croácia, México e Camarões, três adversários que já venceu em Copas do Mundo, na primeira fase do Mundial de 2014, e pode ter pela frente Espanha ou Holanda já nas oitavas de final, após definição dos oito grupos do Mundial em sorteio realizado nesta sexta-feira.

O jogo de abertura do Mundial será entre Brasil e Croácia, no dia 12 de junho, em São Paulo. Os croatas, que foram elogiados pelo técnico Luiz Felipe Scolari por jogarem um futebol "técnico" e parecido com o do Brasil, também foram adversários da seleção na estreia na Copa de 2006, na Alemanha -- vitória brasileira por 1 x 0.

Contra o México, batido pelo Brasil na estreia na Copa do Mundo de 1950, a seleção brasileira tem um retrospecto de derrotas inesperadas, como na final da Copa das Confederações de 1999 e na decisão da medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de 2012. Mas os mexicanos quase ficaram fora do Mundial do ano que vem.

A equipe só conseguiu a vaga na repescagem contra a Nova Zelândia, e foi derrotada no último confronto com o Brasil: 2 x 0 na Copa das Confederações, em junho. O duelo em 2014 será no dia 17, em Fortaleza.

No jogo contra Camarões, o Brasil pode até já estar classificado para as oitavas de final e optar por descansar alguns jogadores e dar chance a outros. Felipão usou essa estratégia no último jogo da primeira fase da Copa de 2002, quando conduziu o Brasil ao pentacampeonato mundial.

Os camaroneses foram adversários no caminho para a conquista do tetra, em 1994, nos Estados Unidos, onde o técnico do Brasil era o atual coordenador da seleção, Carlos Alberto Parreira.

"Acho que é uma sequência de jogos boa para o Brasil", afirmou Felipão após o sorteio, realizado na Costa do Sauípe (BA).

"A Croácia é uma seleção que joga um futebol muito parecido com o do Brasil. Depois temos o clássico que vem sendo um clássico de dificuldade maior para nós, que é o México, e Camarões no fim, que nós temos que ter cuidado com uma série de detalhes que aconteceram em outras Copas", acrescentou.   Continuação...

 
O ex-jogador Cafu exibe papel com o nome do Brasil durante sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2014, na Costa do Sauípe, Bahia, nesta sexta-feira. 06/12/2013 REUTERS/Sergio Moraes