December 6, 2013 / 6:37 PM / in 4 years

REPERCUSSÃO-Brasil enfrentará Croácia, México e Camarões

4 Min, DE LEITURA

Seleção posa antes da final da Copa das Confederações contra a Espanha no Maracanã 30/6/2013Marcos Brindicci

SÃO PAULO, 6 Dez (Reuters) - A seleção brasileira enfrentará Croácia, México e Camarões na primeira fase da Copa do Mundo de 2014, conforme sorteio dos grupos realizado nesta sexta-feira, na Costa do Sauípe (BA).

Veja comentários de representantes da seleção e de ex-jogadores:

Thiago Silva, capitão Da seleção:

"Pegamos um grupo forte que dá um friozinho na barriga. É um africano forte, talvez uma dos melhores; o México tem sido difícil para nós e a Croácia é um time forte fisicamente. É muito difícil, mas estamos preparados.

"Se tiver que pegar uma time forte no início ou no final é a mesma coisa, seja Espanha ou Holanda. Não me sinto preocupado em pegar um seleção dessa já nas oitavas."

Carlos Alberto Parreira, Coordenador técnico Do Brasil:

"A hora que a bola rola tem muitas surpresas. Tem que entrar respeitando cada adversário. Quem está aqui vem representando seu país, já passou por eliminatórias.

"É claro que a hierarquia no futebol vai prevalecer no final, sem dúvida nenhuma. É importante jogar bem a primeira fase, e o primeiro jogo é importantíssimo, gera uma expectativa muito grande, uma apreensão enorme, é um jogo isolado, todo mundo vendo esse jogo. Portanto, ganhando o primeiro jogo, você praticamente dá um passo muito forte com relação à classificação."

EMERSON, EX-VOLANTE DO BRASIL NAS COPAS DE 1998 e 2006:

"Não é um grupo fácil. O Brasil vai ter que tomar muito cuidado. A Croácia é um time com jogadores fortes, com muito poder de marcação, e será o confronto de estreia, que é sempre muito complicado. Em 2006, o Brasil pegou a Croácia na estreia e só conseguimos vencer com um chute maravilhoso do Kaká. Foi muito difícil, assim como promete ser esse. O México sempre dá muito trabalho ao Brasil, é uma pedra no nosso sapato.

As equipes africanas costumam vir muito fortes para a Copa do Mundo. São atletas com muito vigor físico e de muita velocidade, além de terem habilidade também. Vai ser mais um jogo muito difícil para o Brasil".

sebastião Lazaroni, técnico Da seleção Na Copa De 1990:

"México é um adversário tradicional da seleção brasileira. A Croácia tem sido uma participante constante nas últimas edições da Copa do Mundo e tem experiência nesse tipo de competição. Camarões é uma das principais seleções africanas e pode sempre surpreender. Estrear com a Croácia será bom para nossa seleção entrar na Copa ligada e deixar os jogadores atentos".

Mazinho, Ex-Jogador campeão Mundial Em 1994, Nos Eua:

"Estamos confiantes na seleção. Tomara que a presença de Camarões seja uma inspiração para o nosso time como foi para o Brasil na Copa de 1994.

É um bom grupo para o Brasil. Jogando em casa, não tem jeito. Temos que ganhar de quem vem pela frente. É nossa obrigação."

Branco, Ex-Jogador campeão Mundial Em 1994, Nos Eua:

"A pressão da torcida vai ser grande, mas Brasil, Argentina, Alemanha e Itália sempre entram para ganhar título. Temos que trabalhar a cabeça dos jogadores porque a cobrança será enorme. O bicho para nós vai pegar mesmo a partir das oitavas, com Holanda, Espanha ou Chile.

Nós encaramos um calor mortal nos Estados Unidos (na Copa de 1994) e acho que os sul-americanos, que estão muito mais acostumados com calor e umidade alta, levam uma certa vantagem sobre as demais. Os europeus vão sofrer."

Por Tatiana Ramil, com reportagem de Rodrigo Viga Gaier no Rio de Janeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below