Goleiro-artilheiro do São Paulo, Rogério Ceni adia aposentadoria

domingo, 8 de dezembro de 2013 12:21 BRST
 

8 Dez (Reuters) - O goleiro do São Paulo, Rogério Ceni, autor de mais de 100 gols entre pênaltis e cobranças de falta, anunciou que vai adiar sua aposentadoria e jogar a 22ª temporada por seu clube.

O atleta de 40 anos, que ganhou Campeonato Brasileiro, Paulista, Mundial de Clubes e Libertadores com o São Paulo, esteve prestes a se aposentar, mas afirma ter sido dissuadido da ideia pela direção e a torcida do clube.

"O São Paulo é a minha segunda casa. Eu adoro este lugar, é praticamente minha vida", ele disse em comunicado emitido no website do clube.

"Além disso, o presidente do clube Juvenal Juvêncio insistiu para que eu ficasse, e eu também fui persuadido pelas declarações do treinador Muricy Ramalho, que me pediu para continuar. É sempre bom contar com a confiança das pessoas que estão no comando do clube."

"Eu farei tudo o que for preciso para que 2014 seja um ano melhor para a gente."

O São Paulo, que neste domingo joga sua última partida do Brasileiro contar o Coritiba em casa, está em nono na tabela, embora tenha frequentado a zona do rebaixamento durante alguns momentos do campeonato.

Rogério estreou em 1993 e é detentor do recorde de gols marcados por um goleiro, com um total de 113. Recentemente, no entanto, ele atravessou má fase e chegou a perder quatro pênaltis consecutivos.

(Por Brian Homewood)