8 de Dezembro de 2013 / às 18:48 / 4 anos atrás

Casillas acha estranho Holanda e Espanha no mesmo grupo da Copa

Capitão da Espanha, o goleiro Iker Casillas, que não concordou com o formato do sorteio da Copa do Mundo aguarda no banco antes do início do jogo do Real Madrid contra o Athletico Bilbao no Santiago Bernabéu 1/9/2013Juan Medina

8 Dez (Reuters) - O capitão da Espanha, o goleiro Iker Casillas, afirmou não concordar com o formato do sorteio das chaves da Copa do Mundo, que permitiu que a seleção espanhola, atual campeã do mundo, ficasse no mesmo grupo que a Holanda, vice-campeã em 2010.

A Espanha, que encara a Holanda no jogo inaugural do grupo B em Salvador no dia 13 de julho, estava no pote 1 do sorteio da última sexta-feira, ao passo que a Holanda era uma das equipes do pote 4 ao lado de outros países europeus que não foram cabeça de chave.

A Fifa definiu os cabeças de chave de acordo com o ranking do mês de outubro. Além da Espanha, Brasil, Alemanha, Argentina, Bélgica, Colômbia, Suíça e Uruguai encabeçam os grupos da Copa.

Em evento organizado pelo Real Madrid neste domingo para discutir o sorteio, Casillas disse achar estranho os atuais campeões enfrentarem justo em seu primeiro jogo em 2014 a equipe derrotada na final da Copa de 2010.

Cinco dias depois, a Espanha encara o Chile no Rio de Janeiro e, na sequência, pega a Austrália em Curitiba.

"Às vezes é estranho compreender a forma como pensam e realizam o sorteio", disse o goleiro.

"Eu não concordo com o formato", acrescentou. "Mas não somos nós quem decidimos que times são melhores do que os outros."

Campeã europeia em 2008 e 2012, a Espanha tenta ser a primeira seleção de seu continente a vencer uma Copa do Mundo na América do Sul. A Fúria, como é chamada, é uma das favoritas ao título ao lado de Brasil, Argentina, Alemanha e Itália.

"O sorteio nos colocou em uma situação difícil", continuou o goleiro espanhol.

"Vamos encarar os atuais vice-campeões, que tiveram uma magnífica campanha nas eliminatórias. E o Chile, que sempre nos deu problemas nos últimos dois ou quatro anos em que nos enfrentamos."

"No entanto, é natural que qualquer treinador considere a Espanha favorita pelo que fez nos últimos anos."

(Por Iain Rogers)

-- Felipe Castro

(11) 99821-8201

felipecastrr@gmail.com

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below