Previsão atual é que não faltará neve para Olimpíada de Inverno na Rússia

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013 14:06 BRST
 

MOSCOU, 13 Dez (Reuters) - Uma nevasca fora de temporada atingiu a região montanhosa da Olimpíada de Inverno de 2014, em Sochi, na Rússia, e os meteorologistas estão otimistas de que não vai faltar neve para os Jogos de fevereiro, afirmou nesta sexta-feira o chefe do serviço russo de previsão do tempo.

O tempo é um fator praticamente incontrolável para o sucesso da Olimpíada de Sochi, que terá os eventos sobre gelo realizados na região subtropical do Mar Negro e os eventos de montanha no distrito de Krasnaya Polyana.

O tempo quente incomum do último inverno levou os organizadores dos primeiros Jogos Olímpicos na Rússia após o fim da União Soviética, e dos primeiros Jogos de Inverno no país, a estocar cerca de 450 mil metros cúbicos de neve como garantia.

O estoque talvez não seja necessário. Há no momento uma camada de 52 cm de neve em Krasnaya Polyana, o que é um nível alto para esta época do ano, disse Roman Vilfand, chefe do serviço meteorológico, à imprensa.

"Há uma alta possibilidade de que haverá neve. A situação agora é favorável", afirmou. Ele disse que a chuva pode ser uma ameaça para a camada de neve, mas não entrou em detalhes.

O chefe da organização dos Jogos, Dmitry Chernyshenko, já disse que o tempo é um problema em potencial maior do que segurança ou infraestrutura.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, investiu o prestígio pessoal nos Jogos, realizados num local onde a maioria das instalações teve que ser contruída do zero.

(Reportagem por Polina Devitt)