Gattuso é investigado por suspeita de manipulação de resultado na Itália

terça-feira, 17 de dezembro de 2013 17:33 BRST
 

ROMA, 17 Dez (Reuters) - O ex-volante da seleção italiana e do Milan Gennaro Gattuso está sob investigação por suposto crime de manipulação de resultados de partidas, informaram autoridades do sistema judicial nesta terça-feira.

A polícia também disse que quatro pessoas foram presas em conexão com o caso, que, acredita-se, envolva mais de 30 partidas desde 2009.

Gattuso, campeão do mundo com a Itália em 2006, negou qualquer ligação com a manipulação de resultados e disse que as acusações eram "absurdas".

"Estou irritado e ofendido", disse ele à televisão Sportmediaset. "Eu nem sei como é que se manipula um jogo."

Gattuso, de 35 anos, ganhou duas vezes a Liga dos Campeões com o Milan. Ele foi demitido do cargo de técnico do time da Série B Palermo em setembro, após uma série de maus resultados.

O ex-jogador de Lazio, Milan e Inter de Milão Cristian Brocchi também está sendo investigado, disseram autoridades.

"Foi uma grande surpresa, estamos todos muito chocados. Conheço Cristian há anos e acredito que ele não tem nada a ver com isso", disse o agente de Brocchi, Davide Lippi, à televisão SkyTG24. "Cristian está calmo sobre isso", completou.

As últimas prisões e buscas acontecem após uma investigação de três anos que tem produzido evidências de um sistema organizado entre jogadores de futebol atuais e aposentados, operadores de apostas esportivas e outros para manipular o resultado de dezenas de partidas de futebol.

Os promotores dizem que as apostas valem dezenas de milhares de euros e, em alguns casos, centenas de milhares de euros.

(Reportagem de Terry Daley e Emilio Parodi)