Justiça espanhola pede informação ao Barcelona sobre contratação de Neymar

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013 16:12 BRST
 

MADRI, 18 Dez (Reuters) - A Justiça espanhola solicitou nesta quarta-feira ao Barcelona informação sobre a contratação do atacante Neymar, antes de decidir se admite uma queixa de um sócio contra o presidente do clube, Sandro Rosell, por um suposto crime de apropriação indébita.

Neymar foi contratado junto ao Santos por 57,1 milhões de euros em junho, sendo que 17,1 milhões de euros ficaram com o clube paulista, segundo alegações no tribunal.

O sócio do clube Jordi Cases apresentou queixa contra Rosell por apropriação indébita porque afirma que o contrato de Neymar, de 21 anos, se mantém oculto aos sócios, "por isso não se conhece o destino real dos 40 milhões de euros supostamente pagos ao jogador ou seus representantes legais", segundo um documento da Audiência Nacional nesta quarta-feira.

Rosell disse na segunda-feira após tomar conhecimento da queixa na Audiência Nacional que estava "muito tranquilo".

(Reportagem de Emma Pinedo)