Boris Becker vai treinar Djokovic e rever rivalidade com Lendl

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013 19:09 BRST
 

18 Dez (Reuters) - Boris Becker já compartilhou uma grande rivalidade com Ivan Lendl nas quadras de tênis e agora os dois ex-número um do mundo vão se enfrentar do lado de fora, depois que o alemão foi anunciado como treinador de Novak Djokovic.

O sérvio Djokovic, número dois do mundo, tem a primeira mudança na equipe desde uma passagem curta e sem sucesso com Todd Martin em 2009.

A decisão de Djokovic de trabalhar com Becker, de 46 anos, significa que dois dos atuais quatro melhores do ranking serão treinados por ex-grandes jogadores, já que Lendl ajudou o britânico Andy Murray a chegar aos títulos do Aberto dos EUA de 2012 e de Wimbledon neste ano.

"Estou muito animado por ter a oportunidade de trabalhar com Boris", disse Djokovic, de 26 anos, em comunicado em seu site (www.novakdjokovic.com).

"Ele é uma verdadeira lenda, alguém que tem um grande conhecimento de tênis e sua experiência vai me ajudar a conquistar novos troféus de Grand Slam e outros torneios. Becker é uma grande pessoa também, e tenho certeza que ele vai se encaixar em nossa equipe da melhor maneira possível."

Becker, que, assim como Djokovic ganhou seis Grand Slams, vai substituir o treinador de longa data do sérvio Marian Vajda, que continuará a fazer parte da equipe.

(Reportagem de Martyn Herman)