Árbitros vão usar spray na Copa do Mundo, diz Blatter

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013 13:15 BRST
 

Por Brian Homewood

MARRAKECH, Marrocos, 19 Dez (Reuters) - Os árbitros vão usar sprays na Copa do Mundo de 2014 para fazer marcações no gramado e impedir que as barreiras andem para frente nas cobranças de falta, anunciou o presidente da Fifa, Joseph Blatter, nesta quinta-feira.

Blatter disse que o spray, desenvolvido por Brasil e Argentina, foi bem-recebido após ser utilizado no Mundial de Clubes da Fifa, no Marrocos.

"Acho que é uma solução muito boa, alguns dizem que leva muito tempo e eu também era cético no início, mas... todos os árbitros que usaram o sistema ficaram satisfeitos", disse Blatter a repórteres.

Quando uma falta é marcada perto da área, o árbitro define a distância regulamentar de 9,15 metros entre a bola e o jogador adversário mais próximo com uma linha no gramado feita com o spray para determinar o local da barreira. A linha se apaga em um minuto.

O spray já é utilizado no Brasil e na Argentina há vários anos e tem ajudado os árbitros a conseguir colocar as barreiras no local correto, diminuindo as reclamações de jogadores.

"O representante do Bayern de Munique disse que aqui eles podem cobrar a falta com a barreira a 9 metros, enquanto em casa (na Alemanha) fica apenas a cinco", disse Blatter. "É uma novidade... vamos começar a utilizar na Copa do Mundo do Brasil."

No entanto, o técnico Marcelo Lippi, do time chinês Guangzhou Evergrande, reclamou depois da derrota de seu time por 3 x 0 para o Bayern na semifinal do Mundial que o árbitro não tinha medido a distância corretamente.

"A barreira estava a 15 metros da bola", disse o técnico campeão mundial com a seleção da Itália.