Humildade é essencial para a Espanha na Copa, diz Vicente del Bosque

terça-feira, 31 de dezembro de 2013 15:54 BRST
 

MADRI, 31 Dez (Reuters) - A principal preocupação do técnico da seleção espanhola, Vicente del Bosque, para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil é que seus atletas possam ter perdido a humildade que pavimentou seus êxitos nos últimos anos, segundo uma reportagem do jornal espanhol AS publicada nesta terça-feira.

Del Bosque levou a Espanha ao primeiro título mundial na Copa do Mundo na África do Sul em 2010 e, dois anos depois, a um novo título da Eurocopa, que a Espanha já havia conquistado em 2008.

Vários jogadores estiveram nessas três conquistas, entre eles o goleiro e capitão Iker Casillas, os meio-campistas Xavi, Andrés Iniesta, Xabi Alonso, Cesc Fábregas, além do zagueiro Sergio Ramos.

Del Bosque disse que é crucial que tanto eles como seus colegas não deixem que as conquistas subam à cabeça quando chegarem ao Brasil, onde em junho começa a disputa da Copa do Mundo.

"São jogadores que venceram muito, quase tudo, e os olhos não são os mesmos dos de cinco ou seis anos atrás", disse o técnico de 63 anos. "Este é o único medo que tenho", acrescentou.

"A Espanha tem uma boa seleção e não é inferior a ninguém, mas temos de ser cautelosos. Somos o rival a ser batido e há rivais poderosos, principalmente os sul-americanos, e entre eles Brasil, Colômbia, Argentina e Chile", disse.

O técnico também destacou como importantes adversários as equipes da Alemanha, Holanda e Portugal.

A Espanha começa o Mundial enfrentando a Holanda em 13 de junho em Salvador, uma repetição da final na África do Sul, quando venceu os holandeses por 1x0 na prorrogação.

Em 18 de junho jogará com o Chile no Rio de Janeiro e cinco dias depois com a Austrália, em Curitiba.

(Por Iain Rogers)