Agente diz que Schumacher está "estável"; pede que imprensa respeite privacidade

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014 10:49 BRST
 

GRENOBLE, França, 1 Jan (Reuters) - O heptacampeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher estava em condição estável nesta quarta-feira, três dias depois de sofrer lesões cerebrais em um acidente de esqui, disse sua agente Sabine Kehm, falando do lado de fora do hospital onde ele está sendo tratado na França.

Kehm pediu que os jornalistas respeitem a privacidade do alemão, depois que seguranças disseram ter interceptado um repórter disfarçado como padre tentando entrar no quarto de Schumacher.

"A segurança capturou ele antes de chegar perto... Eu não quero entrar em detalhes sobre o que estamos fazendo em termos de segurança. No entanto, posso assegurar que há segurança porque temos constantes tentativas da imprensa e de pessoas de chegarem perto", disse ela.

Schumacher luta pela vida depois de bater a cabeça contra uma pedra enquanto esquiava fora de uma pista no resort francês de Meribel, no domingo.

"A condição dele permanece estável nesta manhã. No momento, isso é uma boa notícia, mas eu não quero fazer projeções porque é muito cedo. Ele ainda está em coma induzido", disse Kehm.

Ela acrescentou que a "situação continua crítica" e não quis comentar as perspectivas de recuperação do piloto.

(Reportagem de Lucien Libert)

 
Heptacampeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher esquia no norte da Itália, 13 de janeiro de 2005. Michael Schumacher estava em condição estável nesta quarta-feira, três dias depois de sofrer lesões cerebrais em um acidente de esqui, disse sua agente Sabine Kehm, falando do lado de fora do hospital onde ele está sendo tratado na França. REUTERS/Pool/Ercole Colombo