Condição de Schumacher é crítica, mas estável--agente

sábado, 4 de janeiro de 2014 13:47 BRST
 

PARIS, 4 Jan (Reuters) - A condição de Michael Schumacher continua crítica, mas estável, disse neste sábado a agente do alemão quase uma semana depois que o heptacampeão de Fórmula 1 sofreu lesões cerebrais em um acidente de esqui no resort em Meribel, nos Alpes franceses.

"A condição de Michael continua crítica, mas estável. Gostaríamos de salientar claramente que qualquer informação sobre a saúde de Michael não vinda dos médicos que tratam dele ou de sua administração deve ser tratada como pura especulação inválida", disse a agente de Schumacher, Sabine Kehm, em um comunicado.

Sabine acrescentou que "a câmera do capacete de Schumacher foi voluntariamente dada pela família às autoridades de investigação".

Ela fez os comentários depois do depoimento do ex-piloto de Fórmula 1, Philippe Streiff, um amigo de Schumacher. Ele disse à Sky TV que o cirurgião e amigo, Gerard Saillant, que está no hospital de Grenoble, afirmou que a vida do alemão estava "fora de perigo".

O automobilista aposentado bateu a cabeça em uma pedra enquanto esquiava na manhã de domingo.

Ele ficou em coma induzido por seis dias desde que foi transferido para um hospital em Grenoble, onde passou por duas operações.

Schumacher, que completou 45 na sexta-feira, é o mais bem sucedido piloto de Fórmula 1 de todos os tempos, com um recorde de 91 vitórias.

(Por Julien Pretot e Leigh Thomas)

 
Um fã francês da Ferrari segura bandeira com a imagem de Michael Schumacher em frente ao hospital em que o ex-piloto se encontra internado após um acidente de esqui, em Grenoble, na França. A condição de Michael Schumacher continua crítica, mas estável, disse neste sábado a agente do alemão quase uma semana depois que o heptacampeão de Fórmula 1 sofreu lesões cerebrais em um acidente de esqui no resort em Meribel, nos Alpes franceses. 3/01/2014. REUTERS/Charles Platiau