Estado de saúde de Schumacher permanece grave, diz hospital

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014 17:02 BRST
 

PARIS, 6 Jan (Reuters) - O estado de saúde de Michael Schumacher é estável, mas permanece grave, oito dias após o alemão ter sofrido lesões no cérebro em consequência de um acidente de esqui na França.

"O estado clínico de Michael Schumacher é estável, à medida que ele permanece sob tratamento e cuidados permanentes", disse o hospital em Grenoble onde o ex-piloto está internado em boletim médico nesta segunda-feira.

"Entretanto, a equipe médica responsável reforça que continua a considerar a situação dele como grave."

O heptacampeão mundial de F1 bateu a cabeça em uma rocha quando esquiava fora da pista, em 27 de dezembro.

Schumacher está em coma induzido desde então e já foi submetido a duas cirurgias.

A equipe médica e a agente do alemão voltaram a pedir nesta segunda-feira respeito à privacidade de Schumacher e disseram que não irão enviar mais declarações nem realizar qualquer entrevista coletiva até novo aviso.

Na semana passada, a agente Sabine Kehm exortou os jornalistas a ficar longe de Schumacher depois que seguranças disseram ter interceptado um repórter disfarçado de padre que estava tentando entrar no quarto do ex-piloto.

"A privacidade do paciente exige que nós não revelemos quaisquer detalhes sobre o seu tratamento e é por isso que não planejamos qualquer entrevista coletiva, nem comunicados escritos por agora", disseram a equipe médica e a agente de Schumacher.

"Pedimos a vocês novamente, insistentemente, para ... ficarem com as informações fornecidas pela equipe médica responsável ou o seu agente, porque eles são os únicos válidos."   Continuação...