Declaração de Valcke sobre data de Copa do Catar causa polêmica na Fifa

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014 13:58 BRST
 

PARIS, 8 Jan (Reuters) - A declaração do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, de que a Copa do Mundo de 2022 no Catar não será disputada nos meses de verão causou ainda mais polêmica em torno da realização do Mundial e levou a Fifa a negar que houvesse qualquer decisão.

O anúncio de Valcke foi rebatido pelo vice-presidente da Fifa Jim Boyce que afirmou que apenas o comitê executivo da entidade pode decidir quando a Copa do Mundo será realizada.

Em um comunicado posterior, a Fifa ainda minimizou as declarações de Valcke, feitas em entrevista à rádio France Info. Valcke afirmou: "As datas da Copa do Mundo não serão em junho ou julho. Acho que a Copa será disputada entre 15 de novembro e 15 de janeiro, no máximo."

"Se você jogar entre 15 de novembro e, vamos dizer, o fim de dezembro, é o período em que o clima é o mais favorável", acrescentou Valcke.

"Você joga com a temperatura equivalente àquela de uma primavera forte na Europa, joga com uma temperatura de 25 graus (Celsius), o que é perfeito para jogar futebol."

A temperatura média no Catar nos meses de junho e julho pode ser entre 35 e 45 graus Celsius.

Em comunicado, a Fifa minimizou a declaração do secretário-geral, dizendo que Valcke manifestou "sua visão" sobre a realização da Copa do Mundo.

"A data precisa do evento ainda é alvo de processo de consulta em andamento com todos os principais envolvidos no evento, incluindo tanto a comunidade internacional do futebol (Fifa, confederações, associações, ligas, clubes, jogadores), assim como os parceiros comerciais da Fifa", afirmou a entidade.

"Como o evento só será disputado em oito anos, o processo de consulta não será apressado e terá o tempo necessário para considerar todos os elementos relevantes para uma decisão. Consequentemente, nenhuma decisão será tomada antes da Copa do Mundo do Brasil, conforme decidido pelo comitê executivo da Fifa."   Continuação...

 
Secretário-geral da Fifa, Jerome Válcke, durante coletiva de imprensa após reunião com membros do Comitê Organizador Local, no Rio de Janeiro. A Copa do Mundo de 2022 no Catar não será disputada nos meses de verão, afirmou o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, nesta quarta-feira. 10/10/2013. REUTERS/Sergio Moraes