January 8, 2014 / 11:26 AM / 4 years ago

Declaração de Valcke sobre data de Copa do Catar causa polêmica na Fifa

3 Min, DE LEITURA

Secretário-geral da Fifa, Jerome Válcke, durante coletiva de imprensa após reunião com membros do Comitê Organizador Local, no Rio de Janeiro. A Copa do Mundo de 2022 no Catar não será disputada nos meses de verão, afirmou o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, nesta quarta-feira. 10/10/2013.Sergio Moraes

PARIS, 8 Jan (Reuters) - A declaração do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, de que a Copa do Mundo de 2022 no Catar não será disputada nos meses de verão causou ainda mais polêmica em torno da realização do Mundial e levou a Fifa a negar que houvesse qualquer decisão.

O anúncio de Valcke foi rebatido pelo vice-presidente da Fifa Jim Boyce que afirmou que apenas o comitê executivo da entidade pode decidir quando a Copa do Mundo será realizada.

Em um comunicado posterior, a Fifa ainda minimizou as declarações de Valcke, feitas em entrevista à rádio France Info. Valcke afirmou: "As datas da Copa do Mundo não serão em junho ou julho. Acho que a Copa será disputada entre 15 de novembro e 15 de janeiro, no máximo."

"Se você jogar entre 15 de novembro e, vamos dizer, o fim de dezembro, é o período em que o clima é o mais favorável", acrescentou Valcke.

"Você joga com a temperatura equivalente àquela de uma primavera forte na Europa, joga com uma temperatura de 25 graus (Celsius), o que é perfeito para jogar futebol."

A temperatura média no Catar nos meses de junho e julho pode ser entre 35 e 45 graus Celsius.

Em comunicado, a Fifa minimizou a declaração do secretário-geral, dizendo que Valcke manifestou "sua visão" sobre a realização da Copa do Mundo.

"A data precisa do evento ainda é alvo de processo de consulta em andamento com todos os principais envolvidos no evento, incluindo tanto a comunidade internacional do futebol (Fifa, confederações, associações, ligas, clubes, jogadores), assim como os parceiros comerciais da Fifa", afirmou a entidade.

"Como o evento só será disputado em oito anos, o processo de consulta não será apressado e terá o tempo necessário para considerar todos os elementos relevantes para uma decisão. Consequentemente, nenhuma decisão será tomada antes da Copa do Mundo do Brasil, conforme decidido pelo comitê executivo da Fifa."

O vice-presidente da Fifa Boyce, da Irlanda do Norte, disse ao canal Sky Sports News que estava bastante surpreso com o anúncio de Valcke.

"Estou totalmente chocado, para ser honesto", disse Boyce. "A situação, até onde eu sei, é que o comitê executivo da Fifa estava esperando um relatório feito por todas as partes envolvidas com a Copa do Mundo --empresas de televisão, ligas, patrocinadores. O plano era que não houvesse mais discussões sobre a Copa do Mundo do Catar até dezembro deste ano."

Em outubro, a Fifa adiou a decisão sobre o período de realização do torneio e disse que iria iniciar um procedimento de consulta para definir quando a Copa seria realizada.

À época, a entidade que comanda o futebol mundial anunciou que uma decisão seria tomada em algum momento após a Copa do Mundo do Brasil.

O anúncio surpreendente de Valcke nesta quarta-feira ocorre mais de três anos após o Catar ter sido escolhido como sede do torneio, em dezembro de 2010.

Reportagem de Julien Pretot e Mike Collett

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below