Ex-jogador alemão Hitzlsperger afirma ser gay

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014 16:13 BRST
 

BERLIM, 8 Jan (Reuters) - O ex-jogador da seleção alemã Thomas Hitzlsperger tornou-se um dos poucos esportistas de ponta do mundo, e o primeiro jogador de futebol famoso da Alemanha, a revelar publicamente que é homossexual.

"Estou tornando pública minha homossexualidade porque quero fazer avançar a discussão da homossexualidade entre atletas profissionais", disse ele em entrevista ao jornal Die Zeit, que será publicada na quinta-feira.

O ex-jogador de 31 anos, que se aposentou dos gramados em setembro, disputou 52 partidas pela Alemanha entre 2004 e 2010 e defendeu os clubes Aston Villa, Stuttgart, Lazio, West Ham United, Wolfsburg e Everton.

"Na Inglaterra, Alemanha e Itália, a homossexualidade não é uma questão discutida seriamente, não nos vestiários, de forma nenhuma", disse.

Apesar do apelo global, o futebol tem poucos jogadores que assumiram a homossexualidade, especialmente durante a carreira. Muitos temem a reação negativa de técnicos, colegas de time e torcedores, e decidem por manter a sexualidade em segredo.

O ex-jogador do Leed United Robbie Rogers deixou o futebol e anunciou ser gay após ter sido dispensado pelo clube britânico no ano passado.

A decisão do norte-americano de reiniciar a carreira no Los Angeles Galaxy levou o jornal The New York Times a considerá-lo "o primeiro homem abertamente gay a participar de uma liga profissional norte-americana de esportes de ponta quando fez sua estreia contra o Columbus Crew, em maio."

(Reportagem de Thomas Seythal; Reportagem adicional de Brian Homewood, em Berna)