Diária de hotel no Rio para Espanha x Chile custa mais que para final da Copa

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014 16:59 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 9 Jan (Reuters) - Se hospedar no Rio de Janeiro para assistir a partida entre Espanha e Chile, pela primeira fase da Copa do Mundo, está mais caro que ficar em um dos hotéis da cidade para acompanhar a final do Mundial, segundo uma pesquisa feita pelo Trivago, site especializado em comparações preços de acomodações em todo o mundo.

Já uma diária em São Paulo para assistir a abertura da Copa no dia 12 de junho custará cerca de metade dos valores cobrados para o jogo da campeã mundial Espanha contra o Chile e da final no Maracanã.

De acordo com o levantamento, a data do mais elevado preço médio de hospedagem entre as 12 cidades-sede da Copa do Mundo é o dia 18 de junho, quando vão jogar no Maracanã a campeã mundial Espanha contra o Chile, pela segunda rodada do grupo B.

O valor médio de uma acomodação no Rio de Janeiro nessa data é de 1.519 reais, de acordo com o Trivago. Esse valor é 5 por cento mais caro que uma hospedagem, a valores atuais, para a final da Copa do Mundo. Ainda com adversários indefinidos, a decisão do Mundial tem acomodações custando hoje 1.441 reais em média.

Uma hospedagem em Salvador no dia 13 de junho, para assistir a revanche da final da Copa da África do Sul entre Espanha e Holanda, está mais barata que a data reservada para o jogo entre espanhóis e chilenos e que para a final da Copa do Mundo: 947 reais.

Segundo a pesquisa, a rede hoteleira parece não estar muito animada com partidas envolvendo seleções de menor expressão e com poucas chances de brilhar no Mundial do Brasil.

A hospedagem mais barata para a Copa do Mundo foi verificada no dia 19 de junho, na cidade de Natal, onde jogarão Japão e Grécia. Nessa data, a hospedagem na capital potiguar para ver o jogo válido pelo grupo C da Copa custa 468 reais.

A acomodação na cidade de São Paulo para assistir o jogo de abertura do Mundial, em 12 de junho entre Brasil e Croácia, custará 775 reais, quase metade do custo médio de uma diária no Rio para acompanhar a final.

Com a procura maior por vagas, os hotéis das cidades-sede aproveitam para aumentar os preços das suas diárias durante a Copa, segundo o levantamento.   Continuação...