Atletas são alertados a não usar logotipos grandes de países em Sochi

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014 15:14 BRST
 

Por Belinda Goldsmith

LONDRES, 30 Jan (Reuters) - Os atletas a caminho da Olimpíada de Inverno de Sochi foram alertados a não usar uniformes com logotipos grandes de seus países por motivos de segurança, disseram autoridades olímpicas britânicas nesta quinta-feira.

A Grã-Bretanha se uniu aos Estados Unidos no alerta para que atletas e autoridades evitem roupas "com marcas exageradas" em Sochi, na Rússia, cuja vila olímpica será aberta hoje.

A segurança nos Jogos de Inverno deve ser rígida devido à ameaça potencial de um ataque em Sochi, localizada a oeste do predominantemente muçulmano Cáucaso Norte, onde há uma insurgência que almeja criar um Estado islâmico.

Uma porta-voz da Associação Olímpica Britânica disse que os 56 atletas e 64 técnicos e dirigentes foram aconselhados a viajar com roupas com logotipos pequenos e discretos.

"Embora não tenhamos recebido nenhuma informação ou conselho indicando um aumento no nível de ameaça, estamos tendo bom senso em nossa abordagem ao recomendar que os membros das equipes usem uniformes sem marcas exageradas durante sua viagem para Sochi", disse uma porta-voz do comitê britânico.

"O conselho é semelhante à orientação oferecida a outras delegações por seus respectivos Comitês Olímpicos Nacionais".

A preocupação com possíveis ataques nos Jogos de 7 a 23 de fevereiro aumentou na esteira de um duplo atentado a bomba suicida no mês passado na cidade de Volgogrado, cerca de 700 quilômetros a nordeste de Sochi, que matou 34 pessoas.

Autoridades britânicas alertaram que novos ataques são prováveis e que podem acontecer em qualquer parte da Rússia.   Continuação...