Homem é preso após gritar sobre 11 de Setembro em entrevista do Super Bowl

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014 08:31 BRST
 

EAST RUTHERFORD, Nova Jersey, EUA, 3 Fev (Reuters) - Um homem que interrompeu uma entrevista coletiva à imprensa com Malcom Smith, o vencedor do prêmio de Jogador Mais Valioso do Super Bowl, para gritar sobre uma teoria da conspiração a respeito do atentado de 11 de setembro de 2001, foi preso e acusado de transgressão, disse um porta-voz da polícia do Estado de Nova Jersey.

O homem, que pegou o microfone e gritou "investiguem o 9/11... 9/11 foi perpetrado por pessoas em nosso próprio governo", foi acusado de transgressão e liberado, disse o policial Jeff Flynn.

A polícia não revelou a identidade do homem.

Um total de 10 detenções foram relatadas durante o jogo em East Rutherford, Nova Jersey, todas em decorrência de pequenas ofensas, informou Flynn.

(Reportagem de Scott Malone)