Liverpool brilha e massacra Arsenal por 5 x 1

sábado, 8 de fevereiro de 2014 14:48 BRST
 

Por Mike Collett

LONDRES, 8 Fev (Reuters) - O Liverpool massacrou o Arsenal por 5 x 1 no Campeonato Inglês neste sábado, em uma demonstração impressionante de futebol ofensivo em casa que ressuscitou suas esperanças de título e despertou dúvidas quando às credenciais dos campeões visitantes.

Os quatro primeiros gols ocorreram nos 20 minutos iniciais, quando o Liverpool fez picadinho do desorganizado Arsenal, transformando o que vinha sendo visto há tempos como uma corrida de três cavalos em uma batalha de quatro adversários.

Dois gols de Martin Skrtel logo no início, mais uma dobradinha de Raheem Sterling e um de Daniel Sturridge deixaram o Liverpool com 50 pontos faltando 13 partidas para disputar, cinco pontos atrás do Arsenal e três do Manchester City e do Chelsea, que jogam a partir das 13h (horário de Brasília).

O único momento de respiro dos atordoados visitantes, que entraram em campo invictos depois de oito jogos na liga inglesa, veio quando o meio-campista espanhol Mikel Arteta conferiu uma penalidade aos 24 minutos do segundo tempo.

O Liverpool levou menos de um minuto para abrir o placar, quando o zagueiro central eslovaco Skrtel aproveitou o desvio de uma cobrança de falta de Steven Gerrard e bateu de joelhos para dentro da rede do goleiro Wojciech Szczesny.

Foi o 22o gol do Liverpool em uma jogada ensaiada nesta temporada, e 10 minutos depois Skrtel dobrou a vantagem com uma cabeçada de costas que encobriu o arqueiro polonês.

Antes da partida, o técnico do Arsenal, Arsène Wenger, disse que a "estabilidade defensiva" de sua equipe a manteria na disputa pelo título, mas sua zaga foi feita em pedaços quando o Liverpool marcou mais dois gols em quatro minutos.

Sterling fez 3 x 0 com uma colocada depois de uma disparada e cruzamento sublimes de Luis Suárez aos 17 minutos, e três minutos mais tarde veio o quarto, quando Philippe Coutinho deixou o zagueiro Laurent Koscielny assistindo e abriu o caminho para Sturridge.

O Liverpool acabou com a pequena ameaça que o Arsenal representava marcando novamente e fazendo 5 x 0 aos sete minutos da etapa complementar, quando Sterling fez seu segundo na partida aproveitando um rebote depois de Szczesny defender seu primeiro chute.

O Arsenal devolveu um gol quando Arteta bateu um pênalti decorrente de uma dividida mal calculada de Gerrard com Alex Oxlade-Chamberlain.