África do Sul vai se candidatar para sediar Olimpíada de 2024

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 12:20 BRST
 

JOHANESBURGO, 11 Fev (Reuters) - A África do Sul vai se candidatar para sediar a Olimpíada de 2024 e também quer receber os Jogos da Commonwealth, a Comunidade Britânica, dois anos antes, disse o ministro do Esporte do país, Fikile Mbabula.

"O maior peixe a ser pego é a Olimpíada de 2024", disse o ministro, segundo o jornal Business Day desta terça-feira.

"O esporte desempenha um papel em termos de desenvolvimento da infraestrutura", disse ele a jornalistas, acrescentando que o presidente sul-africano, Jacob Zuma, já indicou que o país está pronto para receber os Jogos.

O anúncio representa uma grande mudança de política por parte da África do Sul, que no ano passado disse que o custo de sediar a Olimpíada seria muito alto.

A Cidade do Cabo perdeu a disputa para sediar os Jogos de 2004 na primeira tentativa de uma cidade africana de receber a Olimpíada.

Especulou-se que Durban poderia se candidatar para os Jogos de 2020, mas os planos foram colocados na geladeira depois de o governo afirmar que seria muito caro, mas desde o ano passado parecem ter havido mudanças no sentimento.

A inscrição de candidaturas para a Olimpíada de 2024 começará em 2015 e o Comitê Olímpico Internacional (COI) decidirá em 2017. A próxima Olimpíada, em 2016, será realizada no Rio de Janeiro, enquanto Tóquio receberá os Jogos de 2020.

Uma cidade africana deve receber os Jogos da Commonwealth e a manifestação de intenção deve acontecer no mês que vem. Os próximos Jogos da Commonwealth estão marcados para Glasgow ainda neste ano e depois na Gold Coast, na Austrália, em 2018.

A África do Sul sediou a Copa do Mundo em 2010 e gastou mais de 3 bilhões de dólares em infraestrutura.

(Reportagem de Mark Gleeson)