Técnico argentino descarta surpresas na Copa apesar de pedidos por Tevez

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 21:06 BRST
 

BUENOS AIRES, 11 Fev (Reuters) - O técnico Alejandro Sabella pareceu mais uma vez fechar as portas da seleção argentina para o atacante Carlos Tevez, cujas grandes atuações na Juventus têm gerado pedidos da torcida e da imprensa local para que ele seja convocado.

Tevez marcou dois gols no fim de semana pela Juventus, líder do Campeonato Italiano, e soma 13 gols no torneio, um a menos que o artilheiro do campeonato, Giuseppe Rossi.

"É difícil que haja uma surpresa na lista do Mundial", disse Sabella em um evento de automobilismo ao ser consultado sobre Tevez. "Um amigo me disse que na Argentina somos todos médicos e treinadores... não falo dos não convocados".

Diante da insistência sobre o caso Tevez, a quem nunca convocou desde que assumiu o cargo, o treinador manteve sua postura.

"É normal que surjam especulações, mas não posso dizer nada, só respeitar a opinião de todos", completou.

Sabella, de 59 anos, também comentou a dificuldade de ganhar o Mundial no Brasil.

"Temos o melhor jogador do mundo (Lionel Messi), que além disso se apresentará no quintal de sua casa... mas o problema é que o dono da casa é o maior campeão", disse.

Na primeira fase da Copa do Mundo, que começa em 12 de junho, a Argentina enfrentará Bósnia, Irã e Nigéria pelo Grupo F.

(Reportagem de Luis Ampuero)