COI pede esclarecimentos sobre condenação de ativista russo

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014 16:21 BRST
 

Por Karolos Grohmann

13 Fev (Reuters) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) pediu nesta quinta-feira aos organizadores russos dos Jogos Olímpicos de Inverno mais informações sobre a prisão de um ativista ambiental, que os seus simpatizantes dizem que teve motivos políticos.

Yevgeny Vitishko, que tem protestado contra os danos ambientais provocados pelas obras olímpicas, perdeu na quarta-feira o recurso contra uma condenação de 3 anos de prisão por danos à propriedade do governador local.

A decisão judicial levantou a discussão sobre a independência do Judiciário em relação ao governo de Vladimir Putin, que investiu o seu prestígio político nas Olimpíadas e nega interferir nos tribunais.

"Depois dos últimos desdobramentos, nós pedimos mais esclarecimentos", disse Mark Adams, porta-voz do COI.

"Eu entendo, e eu vou esperar pelo esclarecimento, que Vitishko violou a sua liberdade condicional numa situação não relacionada com os Jogos."

"Acho que ele danificou a casa do governador de Krasnodar e estava com uma sentença suspensa. O meu entendimento é que isso foi violado", acrescentou.