Esquiadora russa ferida é levada para a Alemanha

domingo, 16 de fevereiro de 2014 15:53 BRT
 

SOCHI, Rússia, 16 Fev (Reuters) - A esquiadora russa de esqui cross Maria Komissarova foi levada de avião para a Alemanha neste domingo para novos tratamentos depois de passar por uma cirurgia após ter quebrado a coluna durante um treinamento para as Olimpíadas de Inverno.

A Federação Russa de Esqui de Estilo Livre disse que um voo especial foi fretado para permitir que a atleta de 23 anos fosse tratada em uma clínica especializada em Munique, onde o ministro russo dos Esportes, Vitaly Mutko, disse que ela passará por uma segunda operação.

A federação afirmou que a condição da atleta é séria, mas estável, após a intervenção de mais de seis horas no sábado, na qual um implante de metal foi fixado à sua coluna.

"Estamos tentando fazer tudo direito", disse Mutko à agência de notícias russa RIA por telefone.

Descartando perguntas sobre os custos, ele declarou: "Não se preocupem com isso. Não há problemas aqui. Ninguém irá abandonar Masha (apelido para Maria)".

Komissarova sofreu a lesão durante um treino no Extreme Park, na localidade olímpica de Rosa Khutor, nas montanhas acima de Sochi.

Ela foi conduzida a um hospital próximo, construído especialmente para as Olimpíadas, onde passou pela primeira operação.

Vários outros esquiadores de outras modalidades sofreram lesões menos graves em quedas durante provas e treinamentos neste domingo.

O presidente Vladimir Putin visitou Komissarova no sábado para lhe desejar uma recuperação rápida e falou com seu pai por telefone depois de a esquiadora dizer ao mandatário que ele estava extremamente preocupado.

(Por Timothy Heritage)