México será "uma rocha" e não uma pedrinha no sapato do Brasil na Copa

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014 20:01 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO, 21 Fev (Reuters) - O diretor técnico da seleção de futebol do México, Miguel Herrera, disse nesta sexta-feira que sua equipe será "uma rocha" para o Brasil na partida que as equipes disputarão pelo Grupo A da Copa do Mundo.

Herrera, conhecido como "Piolho", fez alusão a um comentário que o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, lhe fez durante um seminário técnico da Fifa onde estiveram representantes das 32 seleções que disputarão o Mundial.

"Conversamos com Felipão e ele nos fez o comentário de que somos uma pedra no sapato do Brasil. Procuraremos não ser uma pedrinha, mas uma rocha", disse Herrera na sua chegada ao México.

Em 2012, o México frustrou o sonho do Brasil de conquistar o título que lhe falta ao vencer a seleção na final dos Jogos Olímpicos de Londres.

Na quarta-feira, Herrera disse que o Brasil é o favorito do Grupo A e que os mexicanos buscarão o segundo lugar para chegar às oitavas de final. O Grupo A inclui também Croácia e Camarões.

A Copa começa em 12 de junho com o jogo entre Brasil e Croácia, em São Paulo. O México iniciará sua participação em 13 de junho contra Camarões, em Natal; quatro dias depois jogará com os brasileiros em Fortaleza e no dia 23 finalizará a primeira fase contra os croatas, no Recife.

"Sim, vi respeito ao México, (os técnicos) acreditam que vai melhorar bastante em relação ao ano passado", acrescentou Herrera.

Em 2013, o México correu o risco de não ser classificado para a Copa por causa dos maus resultados obtidos na eliminatória da Concacaf, mas conseguiu sua vaga na repescagem, à qual chegou graças a uma vitória dos Estados Unidos sobre o Panamá na jornada final do hexagonal, que o México encerrou com uma derrota para a Costa Rica.

Nas partidas da repescagem, para as quais Herrera foi nomeado diretor técnico, o México venceu a Nova Zelândia por 9x3. Graças a esse resultado, Herrera foi confirmado no posto para a Copa, para a qual o México se preparará com seis jogos, ente os quais se destacam as partidas contra Estados Unidos, Equador e Portugal.   Continuação...