Apoio à realização da Copa no Brasil cai para 52%, diz Datafolha

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014 14:29 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 24 Fev (Reuters) - A realização da Copa do Mundo deste ano no Brasil tem o apoio de somente 52 por cento dos brasileiros, uma queda acentuada ante os 79 por cento que declaravam ser a favor do evento no país em novembro de 2008, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira.

Inicialmente considerada uma oportunidade para melhorar a infraestrutura do país, o Mundial tornou-se sinônimo de obras atrasadas e projetos abandonados. Dos 12 estádios da Copa do Mundo, quatro ainda não estão prontos a menos de quatro meses para o início da competição.

Segundo o levantamento, publicado pelo jornal Folha de S.Paulo, o percentual de pessoas favoráveis à realização da Copa voltou a cair após atingir 65 por cento em junho de 2013, mês em que começou uma onda de protestos no país durante a realização da Copa das Confederações.

Entre outros temas, as manifestações abordaram os altos custos com a organização do torneio e tiveram a Fifa como um dos alvos. Houve protestos nos arredores dos estádios em dias de jogos, causando temor em milhares de torcedores.

Trinta e oito por cento dos entrevistados pelo Datafolha disseram este mês ser contra a realização da Copa no Brasil, ante 10 por cento em novembro de 2008 e 26 por cento em junho do ano passado.

O aumento na rejeição ao evento é motivo de preocupação no governo, que teme o impacto da avaliação negativa da Copa do Mundo sobre a presidente Dilma Rousseff em um ano eleitoral. O Palácio do Planalto estuda inclusive lançar uma ofensiva publicitária para reverter parte das opiniões negativas sobre os investimentos feitos para a competição.

Pesquisa CNT/MDA divulgada na semana passada apontou que 75,8 por cento dos entrevistados consideram "desnecessários" os investimentos realizados pelo governo no Mundial. Outros 80,2 por cento discordam dos gastos com construção e reforma de estádios e preferiam que os recursos fossem aplicados em outras áreas.

A pesquisa Datafolha desta segunda-feira apontou também uma queda no índice de apoio dos brasileiros aos protestos. Segundo o levantamento, 52 por cento dos entrevistados são a favor das manifestações, ante 77 por cento em agosto de 2013 e 81 por cento em junho do mesmo ano.

Aqueles que se declararam contra os protestos subiram de 18 por cento em agosto do ano passado para 42 por cento este mês. Especificamente sobre manifestações durante o Mundial, 63 por cento disseram ser contra, e 32 por cento declararem ser a favor.   Continuação...

 
Manifestante segura cartaz contra a Copa do Mundo durante protesto em São Paulo. A realização da Copa do Mundo deste ano no Brasil tem o apoio de somente 52 por cento dos brasileiros, uma queda acentuada ante os 79 por cento que declaravam ser a favor do evento no país em novembro de 2008, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira. 25/01/2014. REUTERS/Nacho Doce