Torcedor do Dortmund é punido até 2020 por saudação nazista

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014 15:52 BRT
 

25 Fev (Reuters) - O Borussia Dortmund proibiu um torcedor de comparecer ao seu estádio até 2020 por ter gritado "Sieg Heil" durante um minuto de silêncio antes do jogo de sábado em Hamburgo.

O Dortmund disse que o homem foi levado por funcionários do Hamburgo após a saudação nazista e recebeu suspensão de três anos para os estádios de futebol de todo o país. Embora esta seja a proibição máxima permitida na Alemanha, o Dortmund decidiu suspender o torcedor por seis anos.

O homem, que não foi identificado, interrompeu o silêncio feito para homenagear o ex-fisioterapeuta do Hamburgo Hermann Rieger, que morreu na semana passada, disse o Dortmund em um comunicado.

"O Borussia Dortmund defende a tolerância e a diversidade com a maior convicção e vai lutar contra o racismo e a intolerância com todos os meios disponíveis", afirmou o clube.

(Reportagem de Brian Homewood)