Morre Mario Coluna, companheiro de Eusébio no Benfica

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014 11:05 BRT
 

26 Fev (Reuters) - O ex-meio-campista luso-moçambicano Mario Coluna morreu aos 78 anos, disseram na terça-feira o governo de Moçambique e a direção do Benfica, clube no qual ele brilhou ao lado do compatriota Eusébio, morto no mês passado.

Assim como Eusébio, Coluna nasceu em Moçambique e atuou pela seleção portuguesa durante a época colonial. Foi capitão do time que chegou à terceira colocação na Copa de 1966.

A morte foi causada por uma infecção pulmonar. O governo moçambicano anunciou que ele será sepultado com honras de Estado.

Apelidado de "Monstro Sagrado", Coluna nasceu em Lourenço Marques (atual Maputo) e se transferiu para o Benfica em 1954. Com o clube lisboeta, foi campeão europeu em 1961 e 1962. Também foi dez vezes campeão português. Em 525 jogos pelo clube, marcou 127 gols.

Com a seleção, atuou 57 vezes, e era visto como o coração da equipe, alimentando o talento goleador de Eusébio.

Coluna também passou um ano no Olympique Lyonnais, da França, antes de voltar para Moçambique, onde se tornou técnico da seleção nacional depois da independência, em 1975, e posteriormente presidente da federação de futebol local.

(Reportagem de Mark Gleeson)