Schweinsteiger e Grosskreutz voltam à seleção alemã contra Chile

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 14:54 BRT
 

BERLIM, 28 Fev (Reuters) - O meio-campista Bastian Schweinsteiger voltou a ser convocado para a seleção alemã para a partida contra o Chile, na quarta-feira, depois de se recuperar de uma lesão no tornozelo.

A última vez que Schweinsteiger jogou pela Alemanha foi em outubro de 2013, antes de uma série de lesões que o deixaram de fora de seu clube, o Bayern de Munique, e da seleção.

"Todos nós sabemos o quão importante ele é para o nosso jogo", disse Loew. "Ele é um jogador de classe mundial que pode fazer a diferença para nós no Brasil", disse, referindo-se ao país que sediará a Copa do Mundo deste ano.

Schweinsteiger, que fez sua centésima partida pela Alemanha contra a Suécia em outubro, terá a companhia do versátil meia defensivo do Borussia Dortmund Kevin Grosskreutz, que fez sua última partida pela seleção em fevereiro de 2011.

Loew também convocou os novatos Mathias Ginter, do Freiburg, e Shkodran Mustafi, da Sampdoria, assim como o atacante Pierre-Michel Lasogga e o meia do Augsburg Andre Hahn.

"Com nossos olhos na Copa do Mundo, agora é hora de compromissos e tudo deve ser feito tendo o sucesso em mente", disse Loew em comunicado.

O atacante Mario Gomez, que voltou à ação pela Fiorentina depois de cinco meses machucado, não foi incluído na convocação e Lasogga terá a companhia de Miroslav Klose como os dois únicos atacantes na equipe.

A dupla do Borussia Dortmund Mats Hummels e Sven Bender também ficou fora, assim como Thomas Mueller, do Bayern de Munique.

"Muitos jogadores, incluindo jogadores-chave, ainda estão machucados ou acabaram de voltar de lesões e não estão ainda em forma", disse o técnico. "Agora é a chance de agir e achar soluções e alternativas. É por isso que trouxemos algumas caras novas."   Continuação...

 
O jogador alemão Bastian Schweinsteiger durante treinamento do Bayernn, em Munique. Nesta sexta-feira, o meio-campista voltou a ser convocado para a seleção alemã para a partida contra o Chile. 18/02/2014 REUTERS/Michaela Rehle