Com crise na Ucrânia, ministros britânicos evitarão jogos paralímpicos em Sochi

domingo, 2 de março de 2014 15:13 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Os ministros do governo britânico vão ficar longe dos Jogos Paralímpicos de Inverno em Sochi, na Rússia, devido à crise na Ucrânia, disse neste domingo o primeiro-ministro britânico, David Cameron.

"Por conta da séria situação na Ucrânia, o (secretário de assuntos exteriores) Willian Hague e eu acreditamos que seria errado que ministros do Reino Unido compareçam aos jogos Paralímpicos de Sochi", disse Cameron no Twitter.