Técnico se preocupa com seleção argentina, mas descarta surpresas na Copa

quinta-feira, 6 de março de 2014 19:21 BRT
 

BUENOS AIRES, 6 Mar (Reuters) - O fraco desempenho da Argentina no empate de 0 x 0 com a Romênia deixou o técnico Alejandro Sabella preocupado, mas ele apoiou seus jogadores e disse que é quase impossível fazer convocações inesperadas para o Mundial do Brasil.

A Argentina deixou uma imagem ruim em seu último jogo antes de Sabella anunciar a convocação para a Copa do Mundo.

Em declarações à rede Fox Sports e à emissora argentina Radio 9, Sabella admitiu que a Argentina apresentou problemas que precisam ser corrigidos e observou que a equipe que jogou no Estádio Nacional de Bucareste será a base do time que disputará o torneio no Brasil.

Na primeira fase, a seleção argentina enfrentará Bósnia, Irã e Nigéria pelo grupo F.

"A equipe base é a de ontem (quarta-feira), depois tem que ver cada jogo, de acordo com o adversário. Tem que ter equilíbrio, adicionando ou não um volante", disse Sabella.

"A ideia é corrigir os erros...Algumas coisas (da equipe) me preocupam, mas torná-las públicas não parece muito positivo, temos que resguardar a privacidade na observação", completou.

A equipe de Sabella tem um grande poder ofensivo sob comando de Lionel Messi, mas o seu calcanhar de Aquiles é a zaga, que várias vezes fica exposta. O treinador, no entanto, aprovou o desempenho de sua defesa contra a Romênia.

"O desempenho do goleiro (Sergio Romero), sem dúvida, eu gostei, e acho que na defesa, individualmente, (os jogadores) estiveram sólidos no mano a mano", afirmou.

A Argentina vai jogar mais dois amistosos antes da Copa do Mundo, contra Trinidad e Tobago e Eslovênia, em junho.

"No geral, não estou pensando em nenhuma nova convocação e aqueles que nunca estiveram no plantel é muito difícil que cheguem ao Mundial", comentou o treinador.

(Reportagem de Luis Ampuero)