Huntelaar faz 3 e encerra crise do Schalke; Bayern goleia Wolfsburg por 6x1

sábado, 8 de março de 2014 14:32 BRT
 

BERLIM, 8 Mar (Reuters) - O atacante holandês Klaas-Jan Huntelaar marcou três gols, e ainda teve um pênalti defendido, na partida em que o Schalke bateu o Hoffenheim por 4 x 0 neste sábado e se firmou na quarta colocação do Campeonato Alemão, recuperando-se das derrotas da semana passada.

A marcha do imparável líder Bayern de Munique rumo ao título continuou quando Thomas Müller também fez três gols no massacre de 6 x 1 sobre o Wolfsburg, a 16ª vitória consecutiva do atual campeão -- um recorde.

O Schalke, que perdeu de 6 x 1 do Real Madrid na Liga dos Campeões e de 5 x 1 para o Bayern na liga alemã na semana passada, abriu uma vantagem de dois gols graças a Huntelaar, que conferiu na cara do gol aos seis minutos e chutando de uma distância de 18 metros aos 28.

Ele perdeu a chance de fazer três gols no primeiro tempo ao bater mal um pênalti nas mãos do goleiro Koen Casteels, mas Chinedu Obasi fez melhor aos 10 da segunda etapa, ampliando a vantagem após receber um belo passe de Kevin-Prince Boateng.

Huntelaar, que perdeu grande parte da temporada por estar contundido, compensou o pênalti perdido aos 34 minutos do segundo tempo, e o Schalke abriu cinco pontos de vantagem na quarta posição, com o Wolfsburg em quinto com 39 pontos.

O Bayern ampliou sua liderança para estarrecedores 23 pontos à frente do segundo colocado Borussia Dortmund, atordoando o Wolfsburg em um segundo tempo eletrizante.

O zagueiro brasileiro Naldo se esticou para interceptar um cruzamento de Kevin De Bruyne junto à trave e abriu o placar merecidamente para o Wolfsburg aos 17 minutos, mas Müller empatou depois de uma confusão na entrada do gol nove minutos depois.

O Bayern precisou de uma hora para esquentar, quando Müller e Mario Mandzukic marcaram dois e Franck Ribéry mais um, em uma sequência explosiva de cinco gols em 17 minutos.

O Bayer Leverkusen não conseguiu ultrapassar o Dortmund e assumir a segunda colocação ao empatar em 1 x 1 com o Hanover. O Dortmund, que enfrenta o Freiburg no domingo, tem 45 pontos, um a mais que o Leverkusen.

(Por Karolos Grohmann)