March 9, 2014 / 7:09 PM / in 3 years

FUTEBOL-Dortmund reforça segunda posição com vitória sobre o Freiburg

3 Min, DE LEITURA

BERLIM, 9 Mar (Reuters) - Um desbotado Borussia Dortmund passou pelo Freiburg por 1 x 0, neste domingo, cortesia do primeiro gol do capitão Sebastian Kehl em quase dois anos para chegar a quatro pontos de vantagem na segunda posição do Campeonato Alemão.

Em um jogo equilibrado, no qual o Freiburg recusou ceder qualquer espaço sem lutar, o Dortmund sofreu para criar chances e chutou apenas três vezes a gol - todas de fora da área - no primeiro tempo.

Com Robert Lewandowski e Marco Reus na lista de machucados, que não para de crescer, o Dortmund, que joga contra o Zenit St Petersburg na partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, neste mês, precisou de quase uma hora para abrir o placar.

O experiente ex-jogador da seleção alemã Kehl não hesitou em disparar um chute de 25 metros por cima do goleiro Oliver Baumann, aos 13 minutos do segundo tempo, seu primeiro gol desde abril de 2012.

"Oliver Baumann é conhecido por se aventurar fora do seu gol e eu o vi fazer isso durante o jogo", disse Kehl. "Mas precisou de um pouco de sorte também".

O resultado levou o Dortmund a 48 pontos, quatro a mais que o terceiro colocado Bayer Leverkusen, que empatou por 1 x 1 com o Hannover 96, neste sábado, e o Schalke 04, que goleou o Hoffenheim por 4 x 0.

"Foi um jogo muito difícil", disse o técnico do Dortmund, Jurgen Klopp.

"O Freiburg, apesar do domínio, não criou chances e então tivemos sorte para marcar. Nós não conseguimos fazer outro e precisamos trabalhar até o fim".

"Quem vence esses jogos, normalmente ganha o campeonato, mas isso não será mais possível", ele disse, em referência à vantagem de 20 pontos do Bayern na liderança.

O técnico Christian Streich, do Freiburg, que passou seis partidas sem vencer e está em 17° lugar com 19 pontos, depois da oitava derrota seguida para o Dortmund, estava irritado com o árbitro por não ter expulsado um jogador do rival aos 43 minutos do primeiro tempo.

"A cada duas semanas, nós fazemos o papel de idiotas", disse Streich. "Eu realmente não estou com humor para ver isso porque é catastrófico o jeito como somos derrubados por certos cavalheiros".

Streich disse que o árbitro Peter Gagelmann deveria ter expulsado Sokratis Papastathopoulos por uma falta em Philipp Zulechner em situação clara de gol.

"Deveria ter sido um cartão vermelho", disse. "Há uma regra que fala sobre isso".

Em outro jogo neste domingo, o Hertha Berlin e o Mainz empataram por 1 x 1 e perderam terreno na batalha por vaga em competições europeias.

O Bayern de Munique continua marchando para o título depois de golear o Wolfsburg por 6 x 1, recorde de 16 vitórias seguidas, no último sábado, e manteve 20 pontos de vantagem na liderança.

Por Karolos Grohmann

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below