March 13, 2014 / 1:38 PM / 3 years ago

Messi volta a brilhar no Barça, enquanto Neymar frustra

3 Min, DE LEITURA

Messi do Barça marca um gol no jogo contra o Manchester City durante a Liga dos Campeões. Com Lionel Messi totalmente recuperado, o Barcelona segue bastante vivo na Liga dos Campeões, mas o técnico Gerardo Martino estaria muito mais tranquilo se Neymar não fosse tão irregular. 12/03/2014Gustau Nacarino

Por Iain Rogers

MADRI, 13 Mar (Reuters) - Com Lionel Messi totalmente recuperado, o Barcelona segue bastante vivo na Liga dos Campeões, mas o técnico Gerardo Martino estaria muito mais tranquilo se Neymar não fosse tão irregular.

Na quarta-feira, o Barça venceu o Manchester City por 2 x 1, em casa, e se classificou para as quartas-de-final da Liga dos Campeões. Messi marcou, numa linda finalização por cobertura, seu oitavo gol em cinco partidas disputadas nesta edição do torneio continental, e seu 28º na temporada -- apesar de ter passado dois meses afastado por uma lesão na coxa.

Neymar iniciou a partida entre os titulares, em vez de Alexis Sánchez ou Pedro, que vinham em uma boa fase. Mas o atacante brasileiro desperdiçou muitas chances de gol e fez uma partida apagada, até dar lugar a Alexis, a 10 minutos do final.

Desde o começo do ano, o ex-santista marcou apenas um gol pelo Barça, na goleada de 6 x 0 sobre o fraco Rayo Vallecano, pela Liga Espanhola. Neste período, ele passou várias semanas afastado por causa de um torção de tornozelo, em janeiro e fevereiro.

É difícil não pensar que a polêmica envolvendo sua transferência para o Barça --em meio a suspeitas de apropriação indébita de fundos e evasão tributária-- e a pressão por jogar em um dos clubes mais ricos do mundo estejam interferindo no futebol de Neymar, de 22 anos.

Também é intrigante para Martino que seu jogador renda tão melhor na seleção brasileira, a ponto de marcar três gols no amistoso deste mês contra a África do Sul.

Na entrevista coletiva depois do jogo da quarta-feira, Martino defendeu o brasileiro, dizendo que ele ainda está se recuperando da lesão no tornozelo.

"Neymar deu uma grande contribuição para o time e fez um ótimo trabalho ajudando na defesa", afirmou o argentino. "No primeiro tempo ele teve duas boas chances, e o processo de voltar ao time faz com que ele ainda não aguente os 90 minutos."

Mas não foi para ajudar na defesa que o Barça trouxe Neymar, e a expectativa é de que ele ainda cresça, num momento em que a temporada entra em uma fase crucial, com o clube ainda na briga pelos três torneios que disputa.

Os azuis-grenás estão em terceiro lugar no Campeonato Espanhol, quatro pontos atrás do líder Real Madrid, seu adversário no dia 23, e o sorteio das quartas-de-final da Liga dos Campeões pode colocar o Real novamente no caminho do Barça. Os dois times já têm encontro marcado também em 16 de abril, na final da Copa do Rei.

Reportagem adicional de Tim Hanlon em Barcelona

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below