Rivaldo pendura as chuteiras

sábado, 15 de março de 2014 16:18 BRT
 

15 Mar (Reuters) - O ex-jogador do Brasil e do Barcelona, o meia Rivaldo anunciou a aposentadoria do futebol, neste sábado.

O canhoto de 41 anos pendurou as chuteiras após uma carreira na qual ajudou o Brasil a ser campeão da Copa do Mundo de 2002 e foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa, em 1999.

Ele disse que tomou a decisão durante a noite, dias antes do Mogi Mirim, clube pelo qual joga e o qual preside, enfrentar duas batalhas contra o rebaixamento.

"Na noita passada, eu liguei para o meu filho (Rivaldo Junior) e pedi que ele levasse meus uniformes para Itapira, porque eu iria direto para lá", disse, em um comunicado no site do Mogi Mirim.

"No entanto, eu acordei no meio da noite, e depois de alguns minutos de meditação, eu tomei a decisão".

"Eu dei mais que o meu corpo queria dar. Eu me sacrifiquei para nos ajudar a sair da situação em que estamos hoje. Não é uma situação desesperadora, mas precisamos ser cuidadosos".

O clube precisa de três pontos em dois jogos para evitar o rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Paulista.

Rivaldo continua como presidente do Mogi Mirim.

Notoriamente tímido, ele teve uma carreira longa e de sucesso, tanto no Brasil, onde fez o seu nome no Palmeiras, quanto na Espanha, onde jogou pelo Deportivo La Coruña e pelo Barcelona.

Ele também jogou na Grécia e por outros clubes brasileiros pequenos.

(Por Andrew Downie)