Após derrota para rival, Rooney vive pesadelo no Old Trafford

domingo, 16 de março de 2014 18:04 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 16 Mar (Reuters) - O atacante do Manchester United Wayne Rooney admitiu ter vivido um de seus "piores dias desde que começou no futebol" após ver seu time sofrer humilhante derrota por 3 x 0 para o arquirrival Liverpool jogando em pleno Old Trafford, neste domingo pelo Campeonato Inglês.

Rooney resumiu o clima dos atuais campeões, que fizeram três pênaltis e tiveram o capitão Nemanja Vidic expulso, tudo o que facilitou a vida do Liverpool, dominante e certeiro para construir uma vitória confortável, ao passo que o United viu acabarem as chances de classificação para a Liga dos Campeões da Europa na próxima temporada.

"É um pesadelo. Foi um dos piores dias que já tive no futebol", disse o atacante da seleção inglesa à TV do Manchester United.

"É difícil aceitar. Você tem que dar os méritos para o Liverpool --eles jogaram bem-- mas é difícil mesmo aceitar. Ninguém quer perder, especialmente desta forma, em seu próprio estádio. Não é legal."

Dois pênaltis convertidos por Steven Gerrard e um gol de Luis Suarez foram o motivo do pesadelo de Rooney, mas o Liverpool ainda poderia ter marcado mais gols, se Gerrard não tivesse perdido um terceiro pênalti e se uma quarta penalidade máxima tivesse sido marcada após contato de Michael Carrick em Daniel Sturridge dentro da área.

"Sair atrás do placar com um gol de pênalti foi difícil de aceitar", disse Rooney. "Tínhamos um plano de jogo para o segundo tempo, que ficou em ruínas assim que eles conseguiram o segundo pênalti logo o início."

"Depois, fazer mais um pênalti, ainda que eles tenham perdido, foi um grande golpe para nós. Estávamos lá, com 10 homens. Isso dificultou mais ainda para a gente e eles seguraram bem a bola até o jogo acabar."

"Eu não vi os pênaltis de novo, mas de onde eu estava no campo não acho que consigo discutir isso de forma adequada com eles."

A confissão de Rooney de que a partida foi uma das mais dolorosas de sua carreira evidencia a rivalidade entre os dois times do noroeste inglês.   Continuação...