Green, do Bayern de Munique, descarta Alemanha e opta por jogar pelos EUA

terça-feira, 18 de março de 2014 21:16 BRT
 

18 Mar (Reuters) - O meia-atacante do Bayern de Munique Julian Green, que representou a Alemanha e os Estados Unidos em categorias menores, prometeu lealdade internacional aos EUA, disse nesta terça-feira a federação de futebol do país.

Cidadão com dupla nacionalidade, Green nasceu nos Estados Unidos e foi criado na Alemanha. Seu pai é norte-americano e sua mãe, alemã.

Green representou a Alemanha nas categorias sub-16, sub-17 e sub-19, e os Estados Unidos na sub-18, mas disse que estava solicitando à Fifa para jogar pelos EUA.

Se o pedido for aprovado, o jogador de 18 anos estaria liberado para ser convocado pela seleção dos EUA para a disputa da Copa do Mundo deste ano no Brasil.

"Obviamente esta foi uma grande decisão, e eu passei muito tempo discutindo isso com a minha família", disse Green em comunicado.

"Eu nasci na Flórida e meu pai ainda vive lá, então eu tenho raízes profundas nos EUA. Estou muito orgulhoso de representar os Estados Unidos."

O técnico dos EUA, o alemão Juergen Klinsmann, afirmou que estava feliz com a decisão de Green.

"Como já disse, ele é um talento muito especial. Queríamos que ele se sentisse confortável com nosso programa e ouvisse seu coração quando tomasse essa decisão", disse Klinsmann.

(Reportagem de Julian Linden em Nova York)