Retirada de ingressos da Copa começa em 18 de abril; haverá mais dois lotes para venda

quinta-feira, 27 de março de 2014 14:23 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 27 Mar (Reuters) - A retirada de ingressos para jogos da Copa do Mundo no Brasil começa em 18 de abril, informou nesta quinta-feira a Fifa, que pretende doar 50 mil bilhetes para empreiteiras que trabalham nas obras do Mundial.

Mais dois lotes de ingressos serão colocados à venda em abril, segundo a entidade.

Ao menos 10 dos 12 centros de distribuição nas cidades-sede estarão prontos para começar a operar nessa data. Apenas em Porto Alegre e Brasília o local de distribuição não foi ainda definido e, por isso, a distribuição pode começar depois.

Os pontos de distribuição vão funcionar aos finais de semana para atender o público.

Segundo a Fifa, 540 mil ingressos de um total de 2,56 milhões de bilhetes vendidos serão entre em casa pelo correio.

"Houve muitos casos (de problemas, incluindo filas) na Copa das Confederações, é preciso identidade, cartão bolsa família e documentos necessários para retirar o seu ingresso. Isso é uma medida de segurança para que o ingresso seja tirado pela pessoa certa", disse a jornalistas o diretor de marketing da Fifa, Thierry Weil.

Brasil, Estados Unidos, Austrália, Inglaterra e Colômbia são os países que mais compraram ingressos do Mundial. Só para brasileiros foram vendidos mais de 1 milhão de bilhetes, de acordo com a entidade que controla o futebol mundial.

O Comitê Organizador Local (COL) e Fifa chegaram a um acordo e 50 mil bilhetes serão disponibilizados às construtoras que trabalharam nas obras da Copa do Mundo. A proposta é doar os bilhetes aos operários que atuaram na viabilização do torneio.

"Vocês merecem e isso é o mínimo, ter um ingresso para ver a Copa no Brasil", disse o ex-jogador Bebeto, integrante do COL.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)