É prematuro dizer se estarei na Copa ou não, diz colombiano Falcao

segunda-feira, 31 de março de 2014 15:11 BRT
 

31 Mar (Reuters) - O atacante colombiano Radamel Falcao garantiu que ainda é prematuro falar sobre sua presença na Copa do Mundo do Brasil, que depende da boa recuperação de sua lesão no joelho, segundo uma entrevista publicada nesta segunda-feira pelo diário esportivo espanhol Marca.

O colombiano foi operado depois de sofrer uma lesão no ligamento cruzado em uma partida da Copa da França disputada em janeiro, e neste momento parece improvável que possa disputar o Mundial com seu país.

"Estamos muito otimistas com a reação do joelho, mas hoje é muito prematuro dizer se estarei na Copa ou não. Faltam muitos dias daqui até a decisão final", disse o atacante do Mônaco ao Marca.

Falcao declarou ainda que a vontade de jogar sua primeira Copa não pode influir no tempo de recuperação. De acordo com especialistas, uma lesão como a sofrida pelo ex-atacante do Atlético de Madri requer uma recuperação de entre seis e sete meses.

"Tenho muito claro que essa pressão não pode me condicionar na recuperação. Estou fazendo todo o possível para ir, daria tudo, seria o ideal, mas a primeira coisa é estar bem, recuperar-me bem. Não posso permitir que meu desejo e o de meu país de estar no Brasil possam afetar o estado do meu joelho", acrescentou.

O atacante destacou também o momento que vivem atualmente outros atacantes colombianos que jogam na Europa, como Carlos Bacca, no Sevilha, Jackson Martínez, no Porto, ou Luis Muriel, na Udinese.

"Para o futebol colombiano é maravilhoso. Nunca antes se viu tal quantidade de atacantes sendo protagonistas em ligas europeias, e isso traz competência à seleção. Assim se cresce mais rápido", declarou.

A Colômbia está no Grupo C com a Grécia, a Costa do Marfim e o Japão.

(Por Rodrigo Charme)