Williams pede desculpas por ordem de ultrapassagem a Massa

quinta-feira, 3 de abril de 2014 16:05 BRT
 

MANAMA, 3 Abr (Reuters) - A Williams pediu desculpas a seus pilotos e aos torcedores nesta quinta-feira pela tentativa desajeitada e fracassada de impor "ordens da equipe" ao brasileiro Felipe Massa no Grande Prêmio da Malásia no último final de semana.

A vice-chefe da equipe, Claire Williams, disse aos repórteres no GP do Barein que a equipe errou ao pedir a Massa que abrisse caminho para seu colega, Valtteri Bottas, por estar mais rápido.

Massa ignorou o pedido - feito pelo rádio do carro e ouvido por todos pela TV - e terminou em sétimo, uma posição à frente do finlandês.

"Nossos torcedores esperam que deixemos nossos pilotos correrem", declarou a Williams.

"Queremos nos desculpar a nossos torcedores por isso, porque não lidamos com a situação da melhor maneira, e decepcioná-los não é a maneira como queremos agir".

"Não lidamos particularmente bem com qualquer um dos nossos pilotos, então é claro que pedimos desculpas a eles".

A frase usada pela Williams foi quase idêntica a outra frase ouvida por Massa quando liderava o GP da Alemanha em 2010 e tinha Fernando Alonso como companheiro na Ferrari.

"Felipe, Fernando está mais rápido que você" assombrou Massa desde então, e o brasileiro, que na ocasião obedeceu, a citou como um dos piores momentos de sua carreira.

"Não acredito que o que aconteceu na última prova vai acontecer de novo", afirmou Massa.

(Reportagem de Alan Baldwin)